PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Wellington Silva volta a sofrer dores no púbis e é, outra vez, baixa no Flu

16/11/2017 07h00

As dores no púbis voltaram a incomodar Wellington Silva e o atacante voltou a ser desfalque no Fluminense. Ao ficar de fora da partida contra o Corinthians, em Itaquera, o jogador chegou à 20 jogos sem estar à disposição de Abel Braga oficialmente, ou seja, quando o clube confirmou o motivo de sua ausência.

Depois de atuar 10 minutos contra o Cruzeiro, pela 34ª rodada, Wellington Silva sentiu dores na terça, durante o treino na Cidade do Galo, em Belo Horizonte. O atacante retornou ao Rio de Janeiro e já trabalhou no CTPA na quarta-feira.

Antes disso, o camisa 11 havia desfalcado a equipe do Fluminense em 10 jogos entre os dias 14 de maio e 26 de junho, quatro partidas entre 12 de julho e 2 de agosto e mais cinco confrontos entre 24 de setembro e 25 de outubro.

Há duas semanas, no jogo em que o Fluminense foi eliminado pelo Flamengo na Copa Sul-Americana, Wellington Silva acabou ficando no banco, preterido por Abel Braga que colocou Romarinho em campo na etapa final. De acordo com o treinador, o camisa 11 não estava em sua condição física ideal.

Esta opção gerou muitas críticas da torcida, mas não parou por aí. Na semana seguinte, Wellington Silva reuniu-se com o departamento médico do clube e a possibilidade de uma cirurgia foi levantada e, inicialmente, descartada pelo Tricolor naquele momento, quando restavam sete jogos para o fim do ano.

Agora restam três jogos pelo Brasileirão: Ponte Preta e Sport, no Maracanã, e Atlético-GO, fora de casa. Atualmente, o jogador dá sequência ao tratamento conservador, e sua participação na reta final da temporada está indefinida.

DORES NO PÚBIS IMPEDIRAM TRANSFERÊNCIA PARA O BORDEAUX

Após destacar-se no primeiro semestre, Wellington Silva foi à França acertar sua transferência para o Bordeaux, mas o negócio não foi concretizado após o clube francês reprová-lo nos exames médicos. O motivo foi a detecção de uma inflamação no púbis. O jogador retornou imediatamente ao Rio de Janeiro.

Após a desistência do Bordeaux, o Flu afirmou que o atacante estava em condições clínicas de atuar quando viajou. Internamente, o desacerto com os franceses foi lamentado, já que o clube está em delicada situação financeira.

Esporte