PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Marcos Guilherme cita aprendizado e admiração com elenco do São Paulo

Marcello Zambrana/AGIF
Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em São Paulo

31/10/2017 13h55

Admirar e aprender. Marcos Guilherme relata que essa tem sido a sua rotina no São Paulo. Aos 22 anos, o meia-atacante, formado nas categorias de base do Atlético-PR, diz ter uma motivação além de estar vestindo a camisa do time de infância: ter como companheiros Hernanes, Cueva e Pratto.

"Parece até mentira, mas olhar para o lado e ver Cueva, Hernanes e Lucas Pratto, além de outros grandes atletas do nosso elenco, é especial. Tenho aprendido bastante com eles, porque são jogadores experientes. Nos treinos e nos jogos, os três me aconselham, conversam e ajudam", contou o jogador.

Dois desses três já o ajudaram a sentir uma emoção peculiar: balançar as redes em clássicos. Contra o Palmeiras, Marcos Guilherme aproveitou passe de Pratto para abrir o placar na derrota por 4 a 2, no Allianz Parque. No último sábado (28), em um Pacaembu apenas com torcedores são-paulinos, o meia-atacante encobriu o goleiro Vanderlei, concluindo lançamento longo e preciso de Hernanes, na vitória tricolor por 2 a 1 sobre o Santos.

"É uma emoção muito grande. Fazer gol já é bom. Em clássico, é melhor ainda. Estou feliz pelo gol e, principalmente, pela vitória. Eu já tinha feito um contra o Palmeiras, fora de casa, mas poder comemorar com a nossa torcida foi marcante", comentou.

Com cinco gols em 15 jogos no São Paulo, Marcos Guilherme, que chegou ao clube em julho e tem contrato até o fim de 2018, vibra com a segunda vitória consecutiva da equipe. E planeja ampliar essa sequência diante do Atlético-GO, neste sábado, em Goiânia.

"É um momento importante da equipe. Nosso maior desafio era vencer bem o clássico para manter a performance da rodada anterior. Fizemos isso contra Flamengo e Santos, e agora a nossa meta é seguir com este bom nível e em crescimento nos próximos jogos", finalizou.

 

Esporte