PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Representante de Centurión marca reunião com Boca para definir futuro

Empréstimo de Centurión ao Boca Juniors termina em 30 de junho - Boca Juniors/Imprensa
Empréstimo de Centurión ao Boca Juniors termina em 30 de junho Imagem: Boca Juniors/Imprensa

26/06/2017 19h42

Centurión voltará ao São Paulo ou ficará de vez no Boca Juniors? O contrato de empréstimo termina dia 30 de junho, e a informação da imprensa argentina é que a diretoria do Boca não está disposta a abrir os cofres para mantê-lo no elenco. Porém, nada está decidido. O representante Alejandro Mazzoni terá uma reunião com o clube nesta semana para definir o futuro do atacante.

O clube argentino tem opção de compra por cerca de US$ 6,3 milhões (R$ 20,76 milhões), mas ainda não decidiu se pagará a quantia. O jogador de 24 anos começou bem no time de Buenos Aires, mas teve problemas físicos e extracampo e chegou a ficar fora dos planos. No entanto, o protagonismo no título argentino, conquistado semana passada, fez o herdeiro o camisa 10 de Tevez ser um pedido do técnico Guillermo Schelotto à direção.

O título e a confiança do treinador, somados ao apoio dos companheiros e o desejo de Centurión de ficar em Buenos Aires, dão ao São Paulo a esperança de recuperar o investimento. O clube espera receber ao menos 4,5 milhões de euros (R$ 16,6 milhões) pelo atleta.

Centurión foi comprado do Racing em 2015 por mais de R$ 13 milhões com a ajuda de Vinicius Pinotti, hoje diretor executivo do clube, e tem contrato até o fim de 2019. Ele não deixou saudades no Morumbi. Disputou 81 partidas e marcou apenas oito gols - mesmo número que ele fez em 21 partidas pelo Boca na campanha do título nacional. Caso a negociação não dê certo, Rogério Ceni planeja utilizá-lo da "melhor maneira possível" na equipe tricolor.

"Pagamos US$ 4 milhões no Centurión. Se voltar, vamos tentar utilizá-lo da melhor maneira possível. Jogou bem no Boca, mas teve alguns deslizes. É patrimônio do clube e temos que cuidar", avaliou o treinador.

Esporte