PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Benfica quer lucrar R$ 406 milhões com vendas a times de Manchester

Manchester City está de olho no goleiro Ederson - TOBIAS SCHWARZ/AFP
Manchester City está de olho no goleiro Ederson Imagem: TOBIAS SCHWARZ/AFP

23/02/2017 12h34

As equipes de Manchester devem ir novamente fortes ao mercado na próxima janela de transferências e um time 'pode sofrer' com as investidas: o Benfica. Isso porque o City está de olho no goleiro Ederson, enquanto o United já manifestou interesse no lateral Nélson Semedo e no zagueiro Lindelöf. A ideia dos portugueses é faturar cerca de 125 milhões de euros (R$ 406,5 milhões) com as vendas do trio.

Pep Guardiola assumiu o Manchester City no início desta temporada e logo afastou o goleiro Hart, que seria posteriormente emprestado ao Torino. Com a necessidade de um jogador da posição, foi ao Barcelona e contratou Bravo. Mas o chileno não emplacou e, hoje, está no banco de reservas, com Caballero como titular.

Segundo o jornal "A Bola", Ederson, que já foi elogiado por Guardiola na época em que o treinador comandava o Bayern de Munique, é a opção número 1 para a posição. As boas atuações na Liga dos Campeões e no Campeonato Português alimentaram ainda mais o sonho dos Citizens. O Benfica espera 40 milhões de euros (R$ 130 milhões) pelo brasileiro.

Do outro lado de Manchester, o United também deve sair às compras, apesar de ter contratado nomes como Bailly, Mkhitaryan, Ibrahimovic e Pogba. A equipe to técnico José Mourinho está interessado no lateral-direito Nélson Semedo e no zagueiro Lindelöf.

Semedo, de 23 anos, também é ligado ao Bayern de Munique para substituir Philipp Lahm, que vai se aposentar em junho. O jogador atuou em 35 partidas e marcou dois gols na atual temporada.

Lindelöf também é titular do Benfica e disputou 32 partidas na temporada. Ele é ligado ao Manchester United há alguns meses, mas o Benfica conseguiu segurar o zagueiro sueco.

Pela dupla de defensores, os Encarnados esperam receber 85 milhões de euros (R$ 276,4 milhões).

Esporte