Rio Open já tem dois brasileiros confirmados para a edição de 2024

Gustavo Heide e Gilbert Klier estão na final da Maria Esther Bueno Cup e são os primeiros tenistas brasileiros confirmados no Rio Open 2024, que acontece entre os dias 17 e 25 de fevereiro, no Jockey Clube Brasileiro. Um deles, o campeão, ganhará vaga na chave principal e disputará o torneio.

O Rio Open já conta com Carlos Alcaraz, o número 2 do mundo, Stanislas Wawrinka, campeão de três Grand Slams, e Arthur Fils, representante da nova geração do tênis. O vice-campeão da Maria Esther Bueno Cup ficará com a vaga no qualifying do maior torneio da América do Sul.

Continua após a publicidade

Ver esta publicação no Instagram

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

No primeiro jogo do dia, Gilbert Klier apresentou um bom nível de tênis para derrotar Matheus Pucinelli por 7/5 6/3, garantir vaga na grande final e também no Rio Open 2024.

"Estou muito feliz de estar no Rio Open ano que vem, independentemente de estar na chave principal ou no quali. Óbvio que quero ir para a chave, mas só de estar lá já é uma felicidade enorme", comemorou o tenista de Brasília. "No match point, passou pela cabeça de que se eu ganhasse, estaria dentro do Rio Open. Agora é lutar pela vaga na chave principal amanhã", completou.

Na decisão, Klier enfrentará Gustavo Heide, que derrotou de virada João Lucas Reis com parciais de 3/6, 6/2, e 6/2 e também carimbou o passaporte para o Rio Open 2024.

"Estou muito feliz por ter conseguido essa vaga do Rio Open, muito feliz por terminar o ano com esse presente. É um ATP 500, todo atleta sonha em jogar", vibrou Heide. "Agora é entrar amanhã e dar meu máximo. Não tem como ficar satisfeito só por ter chegado na final, é dar meu máximo e sair com o título", finalizou.

Continua após a publicidade

A decisão da Maria Esther Bueno Cup, realizada nas quadras de saibro da Sociedade Harmonia de Tênis, em São Paulo, acontece neste domingo, às 14h.

Ana Candiotto leva as duplas no São Paulo Tennis Classic

Uma das promessas da nova geração do tênis brasileiro, Ana Candiotto conquistou neste sábado o título de duplas do São Paulo Tennis Classic. Ao lado da argentina Melany Krywoj, a tenista de 19 anos desbancou a parceria cabeça 1 do torneio, formada pela lituana Justina Mikulskyte e a italiana Nicole Huergo, com parciais de 6/2, 1/6 e 10-6.

Com o troféu de campeã disputado em Mogi das Cruzes (SP), Candiotto celebra a 8ª conquista de duplas logo em seu primeiro ano no circuito profissional, uma marca que a coloca como a terceira duplista que mais venceu ITFs no mundo nesta temporada, atrás apenas da ucraniana Valeria Strakhova (11 taças) e da estadunidense Makena Jones.

"Essa tem sido uma temporada de muito amadurecimento, tenho feito boas campanhas nas duplas e isso me proporciona cada vez mais confiança para jogar e subir de nível também em simples, que é o meu foco. Lembrarei dessa conquista em Mogi com carinho porque pela primeira vez tenho a minha família por perto assistindo a um título meu", afirma Candiotto, natural de Jundiaí.

A vitória neste sábado premia a dupla campeã com US$ 1.436,00, equivalente a R$ 7 mil, além de 50 pontos no ranking mundial da WTA.

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Ver esta publicação no Instagram

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes