Fagner fica no Corinthians graças a contrato, mas deve ganhar concorrência

O lateral direito Fagner vai ficar no Corinthians para a próxima temporada. O jogador de 34 anos tem contrato com o clube até final de 2024 e a nova diretoria do Timão, chefiada por Augusto Melo, não tem interesse em romper esse vínculo.

No entanto, a reportagem da Gazeta Esportiva apurou que há um consenso de que o lateral vem deixando a desejar e, a partir da pré-temporada, o nível de exigência será maior. Inclusive, se o contrato de Fagner se encerrasse no final de 2023, o sentimento é que dificilmente ele seria renovado.

O Corinthians está de olho em dois novos laterais para o setor. Rafael Ramos não deve seguir no clube, Léo Mana não conseguiu se firmar no profissional, especialmente com a chegada de Mano Menezes, e Bruno Méndez não sinalizou que pretende renovar seu contrato. Com novas concorrências, a expectativa é de maior cobrança para Fagner voltar a desempenhar bom futebol.

Se o defensor de 34 anos repetir o padrão de atuação de 2023, o Corinthians não vai criar obstáculos caso algum clube se interesse pelo jogador futuramente. A avaliação vai depender das respostas de Fagner em campo.

O camisa 23 terminou a temporada atual com 57 jogos (45 como titular), oito assistências e 16 cartões amarelos recebidos. O jogador perdeu posição para Bruno Méndez em determinado momento do ano, mas recuperou a posição.

"Fechando minha décima temporada seguida com essa camisa. Certamente não foi o ano da maneira que esperávamos. Apesar de brigarmos por títulos, chegando em semifinais, as conquistas não vieram. E o Corinthians tem sempre que brigar lá em cima! Mais uma vez, ultrapassando 50 jogos na temporada, agora é hora de descansar, recarregar, mas também de já se preparar para 2024", comentou Fagner em seu Instagram.

Os jogadores do Corinthians entraram em férias e se reapresentam no dia 7 de janeiro.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes