Ruan Oliveira machuca joelho contra Coritiba, mas técnico do Corinthians tranquiliza: "Acho que não é grave"

O meia Ruan Oliveira deixou a partida entre Corinthians e Coritiba, pela última rodada do Campeoanto Brasileiro, com dores no joelho direito. Após o triunfo do Timão por 2 a 0, Mano Menezes disse que o primeiro diagnóstico médico realizado no atleta não indica algo grave.

"Acho que não é grave, mas vamos ter que fazer um diagnóstico mais detalhado pelo histórico dele. As primeiras avaliações clinicamente indicam que não é algo grave", comentou Mano em entrevista coletiva.

Ruan deixou o gramado do Couto Pereira aos 35 minutos do segundo tempo com dores no joelho direito. A situação gerou preocupação inicial pelo histórico do atleta de 23 anos, que chegou a ficar cerca de três anos afastado do futebol por conta de três cirurgias no joelho esquerdo.

O meia tem contrato de empréstimo com o Timão apenas até o final desta temporada, e, assim como outros atletas, possui futuro indefinido. Caso se confirme uma nova lesão, o clube seria obrigado a renovar o vínculo de Ruan até uma recuperação completa do jogador, respeitando as leis trabalhistas.

Ruan Oliveira entrou em campo aos 23 minutos do segundo tempo e ficou cerca de 12 em campo. Na temporada, o atleta tem 28 jogos disputados, dois gols e três assistências.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes