Dudu vibra com 12º título pelo Verdão e torce para Abel ficar

Fora de combate em função de uma grave lesão, o atacante Dudu esteve na festa do título brasileiro do Palmeiras após o empate contra o Cruzeiro em Belo Horizonte. O jogador faturou o 12º título com a camisa alviverde e destacou essa lua-de-mel que vive com o clube paulista.

" A gente fica triste por não estar em campo, mas feliz pela conquista, é meu 12º título no Palmeiras. Muito feliz por tudo que estou vivendo no clube. A gente sabe que o Palmeiras é muito exigente, a torcida é exigente, quando se joga no Palmeiras tem que brigar por títulos sempre. Esse ano foi nosso terceiro título, ano passado também foram três, estamos de parabéns. Agora é curtir o título porque dia 1º de janeiro a cobrança estará volta", afirmou.

Apesar da conquista, o torcedor palmeirense vive a angústia sobre a indefinição do futuro do técnico Abel Ferreira, com uma proposta do Catar. Dudu já atuou no país árabe, porém evita opinar sobre o que o comandante português deve fazer.

"Não sei, a decisão é com ele. Se tiver que ir que vá de consciência tranquila. Espero que fique, sabe que temos muito a conquistar. A escolha que fizer vai ser com o coração. Ele é uma excelente pessoa, assim como toda a sua comissão técnica", disse.

Por fim, Dudu exaltou o peso do jovem Endrick na conquista palmeirense. Decisivo na reta final, o atacante voltou a marcar no empate diante do Cruzeiro.

"O menino tem talento, vem demonstrando isso em campo. A gente fala para o torcedor curtir porque ano que vem ele já vai para uma grande equipe. Fico feliz porque também conheço a família dele, o pai desde 2015. Muito feliz pelo sucesso dele. Desejo que possa nos ajudar até o momento que for embora", comentou Dudu.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes