Diretor Paulo Bracks é demitido do Vasco; Alexandre Mattos, do Athletico, é cotado

O Vasco permaneceu na Série A do Campeonato Brasileiro após a vitória sobre o Bragantino, mas a 777 Partners, dona da SAF do clube, promoverá mudanças. Nesta quinta-feira, o Cruzmaltino anunciou a demissão do diretor-executivo Paulo Bracks, responsável pela construção do elenco para 2023.

"A gente precisa subir um andar. Se esse primeiro ano foi de reconstrução, ano que vem temos que melhorar. É preciso manter o que foi feito no meio do ano. Foi o maior investimento já feito no Vasco" disse o dirigente em coletiva após confirmar sua saída.

?? "Identificamos que era preciso mudar o perfil. Por isso, conversamos com o Paulo Bracks, a quem agradeço muito. Tivemos uma relação muito boa. Mas entendemos que precisávamos mudar o perfil. Então, hoje comunicamos que o Paulo não faz mais parte da Diretoria do Vasco da Gama"....

? Vasco da Gama (@VascodaGama) December 7, 2023

A diretoria do Vasco agora vai em busca de um substituto para Bracks. O nome que ganhou força para assumir o posto é Alexandre Barros, que atualmente desempenha a função no Athletico, mas não há nada confirmado até o momento.

Veja também:

Confira tudo sobre o mercado da bola

Agora, o elenco do Gigante da Colina entra de férias e descansa até a reapresentação em meados de janeiro, quando será iniciada a pré-temporada para o ano de 2024. Como permaneceu em 15º, o clube não disputará nenhum torneio continental, mas terá o Campeonato Carioca, o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes