Derrapada do Santos na reta final do Brasileirão 'ajudou' o rebaixamento; veja números

O Santos derrapou no Campeonato Brasileiro no momento mais delicado possível. Os maus resultados nas cinco últimas rodadas da competição 'ajudaram' o time a ser rebaixado pela primeira vez em sua história de 111 anos.

Nos cinco compromissos finais do Peixe no Brasileirão, foram dois empates (São Paulo e Botafogo) e três derrotas consecutivas (Fluminense, Athletico-PR e Fortaleza), com cerca de 13% de aproveitamento e dois gols marcados e nove sofridos . Ainda, segundo dados levantados pelo Sofascore, a equipe cedeu dez chances claras de gol para os adversários e criou apenas sete - desperdiçando cinco delas.

? O Santos não venceu seus últimos 5 jogos no @Brasileirao 2023. Foi a equipe que menos somou pontos (2) no período.

??5 jogos

??2 empates

?3 derrotas (consecutivas)

?13% aproveitamento

??2 gols

Continua após a publicidade

?9 gols sofridos

??7 grandes chances (5 perdidas!)

?10 grandes chances cedidas pic.twitter.com/H3RgvZiIL9

? Sofascore Brazil (@SofascoreBR) December 7, 2023

A última vitória do Santos no torneio nacional havia sido o 1 a 0 contra o Goiás, fora de casa, no dia 9 de novembro, com gol do atacante Julio Furch nos minutos finais. O resultado levou o time para o 13º lugar com 41 pontos, na 33ª rodada, e numa posição confortável para sacramentar a permanência nas rodadas seguintes. No entanto, uma grande derrapada foi fatal e levou o clube para a Série B de 2024.

Como se não bastasse a primeira queda para a segunda divisão na história, o Peixe ainda pode sofrer punições pela confusão generalizada que aconteceu na Vila Belmiro antes mesmo do apito final. Com o segundo gol do Fortaleza, nos acréscimos, bombas começaram a ser soltadas nos entornos do estádio. Após o fim do jogo, vândalos atearam fogo em carros e ônibus na Baixada Santista e, dentro da Vila, cadeiras foram jogadas no gramado, além de depredações gerais como grades e tentativas de invasão os vestiários.

Continua após a publicidade

Os próximos dias do Santos também prometem ser agitados. Neste sábado, acontecem as eleições para definir o próximo presidente do clube, que governará pelo triênio de 2024 a 2026. Cinco candidatos registraram suas respectivas chapas e concorrem ao cargo: Marcelo Teixeira, Ricardo Agostinho, Wladimir Mattos, Rodrigo Marino e Maurício Maruca. O mandatário vigente, Andres Rueda, não tentará a reeleição.

Veja também:

Conheça o canal da Gazeta Esportiva no YouTube

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes