Conquista do 12° título brasileiro do Palmeiras tem recorde de jogadores formados na base do clube

Ao longo da campanha do 12° título de Campeonato Brasileiro do Palmeiras, 14 jogadores formados no Verdão entraram em campo, marca recorde de Crias da Academia utilizados em uma conquista.

Os jogadores formados na base do Verdão que entraram em campo foram: o zagueiro Naves, o lateral direito Garcia, os laterais esquerdos Ian e Vanderlan, os meio-campistas Fabinho, Gabriel Menino, Jhon Jhon e Luis Guilherme, além dos atacantes Artur, Endrick, Estêvão, Giovani, Kauan Santos e Kevin.

Desses, dez começaram no time titular pelo menos uma vez. São eles: Naves, Garcia, Vanderlan, Fabinho, Gabriel Menino, Jhon Jhon, Luis Guilherme, Artur, Endrick e Kevin. Estêvão, do sub-17, estreou no jogo do título, no empate por 1 a 1 com o Cruzeiro, no Mineirão.

O meia Pedro Lima, atualmente no Norwich, da Inglaterra, foi outra Cria da Academia que entrou em campo ao longo da temporada, mas apenas pela Libertadores, quando o Verdão perdeu para o Bolívar, por 3 a 1, pela fase de grupos. Nessa ocasião, com o técnico Abel Ferreira poupou o time titular e entrou em campo com reservas. Em La Paz, 11 jogadores da base foram a campo.

Em 2023, a base do Palmeiras faturou 29 títulos, entre eles a Copinha, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro sub-17, além dos Campeonatos Paulistas sub-11, sub-13, sub-14, sub-15 e sub-20.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora