Mano detalha reunião com Augusto Melo e pede "equilíbrio" ao Corinthians em 2024

Com chances remotas de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o Corinthians já está de olho na temporada de 2024. Neste sábado, após a derrota de 2 a 1 para o Internacional, na Neo Química Arena, pela 37ª rodada da liga nacional, o técnico Mano Menezes falou sobre a sua reunião com Augusto Melo, novo presidente do Timão.

O comandante afirmou que o encontro foi realizado para que ambas as partes se conheçam melhor e separar as responsabilidades de cada um.

"A gente teve a primeira reunião essa semana, muito mais para se conhecer, para saber o que pensam os novos dirigentes. A partir desse pensamento estabelecemos a diretriz de atuação. Não acho que o problema do elenco seja gestão. As coisas estão bem trabalhadas no dia a dia, mas o clube vai passar por transformações", disse.

"Quem dirige vai decidir o que fazer e nós vamos nos adequar a questão política. A questão técnica cabe a quem é contatado para isso. Depois vamos ver como isso vai funcionar", ampliou.

Mano Menezes ainda comentou a construção do elenco para o próximo ano. Ele reconheceu que o Alvinegro está em um final de ciclo e destacou a necessidade de formar um time mais equilibrado.

"Geralmente no futebol queremos individualizar. Não é essa a parte mais importante. O mais importante é saber quanto o Corinthians vai ter para investir. A partir desse momento vamos estabelecer o nível de transformação que vamos fazer no elenco", contou.

"Hoje, por exemplo, só colocamos jogadores com menos de 20 anos em um momento importante. Você comparar com os outros e percebe o que é ter um equilíbrio maior. Não é fácil. O Corinthians teve que acelerar essa utilização de jogadores em um número grande. Precisamos buscar um equilíbrio de construção de elenco. Isso é mais importante do que tudo", finalizou.

Continua após a publicidade

Com a derrota para o Inter, o Corinthians segue na 13ª colocação do Brasileirão, com 47 pontos, seis a mais que o Bahia, que abre a zona do rebaixamento. Assim, os paulistas seguem com chances matemáticas de cair para a Segunda Divisão.

O Timão volta a campo na próxima quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), quando visita o Coritiba, pela 38ª rodada do Brasileirão.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes