Palmeiras: Abel Ferreira tenta primeira vitória sobre Flu de Diniz

O técnico Abel Ferreira vai em busca de quebrar um tabu pelo Palmeiras diante do Fluminense, de nunca ter vencido Fernando Diniz, no comando da equipe carioca. A bola rola a partir das 16h (de Brasília), no Allianz Parque, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Nos comandos de Palmeiras x Fluminense, Abel e Diniz se enfrentaram em três oportunidades. São dois empates e uma vitória do Tricolor, todas pelo Campeonato Brasileiro. Em 2021, o treinador enfrentou o Verdão quando estava no comando do Santos e o Alviverde venceu por 3 a 2. Quem estava à beira do gramado, porém, era João Martins, auxiliar de Abel Ferreira.

Comandando os atuais times, o primeiro embate foi em maio de 2022, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. Nessa ocasião, O Verdão saiu na frente, com gol de Dudu, e sofreu o empate com Germán Cano, no Allianz Parque. No returno, no Maracanã, os visitantes abriram vantagem e viram os adversários deixarem tudo igual. Rony, de bicicleta, marcou para o Alviverde, e Manoel fez para a equipe mandante.

Em agosto desse ano, pela 18ª rodada do Brasileiro, o Fluminense, de Diniz, levou a melhor, vencendo o Palmeiras, de Abel, por 2 a 1. Jhon Arias e John Kennedy marcaram para o Flu, no Maracanã, e Gómez diminuiu nos acréscimos. O compromisso antecedeu os jogos de volta das oitavas de final da Copa Libertadores. Assim, ambas as equipes entraram em campo nesse jogo poupando algumas peças.

Abel Ferreira está no comando do Palmeiras desde outubro de 2020, enquanto Diniz assumiu o Fluminense em maio de 2022.

O Verdão tem 66 pontos e é o líder isolado do Campeonato Brasileiro. Botafogo, Atlético-MG e Flamengo vêm atrás, com 63. Enquanto o Fluminense é o sétimo colocado, com 56.

Quer saber tudo o que rola com o Palmeiras sem precisar se mexer? Conheça e siga o novo canal do UOL dedicado ao time no WhatsApp.

Errata:

o conteúdo foi alterado

  • Diferentemente do que foi informado, Fernando Diniz assumiu o Fluminense em 2022, não em 2021. O erro já foi corrigido.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes