Candidato a presidente do Santos, Marcelo Teixeira visita o Pacaembu

Um dos candidatos à presidência do Santos, Marcelo Teixeira já inicia contatos que podem ser importantes para uma futura gestão. Assim, ele visitou nesta sexta-feira as obras do Estádio do Pacaembu e teve contato com os executivos da concessionária responsável pelo local.

Além de conhecer o novo Pacaembu, Marcelo Teixeira quis iniciar conversas para que o Santos faça jogos no estádio durante o período em que a nova Vila Belmiro estiver sendo construída - a nova arena é uma das prioridades de seu plano para o clube da Baixada.

"O Santos precisa de um choque de gestão e de modernidade. E hoje, em 2023, é essencial no futebol ter uma arena moderna, confortável, que gere experiência positiva ao torcedor e tenha capacidade maior do que a Vila tem hoje. Uma nova arena para cerca de 30 mil pessoas vai gerar receita e, ao receber o torcedor de forma adequada, reforçar o vínculo com o Santos", destacou.

Sem a Vila Belmiro, a ideia de Marcelo Teixeira é fazer com que o Santos atue em vários lugares do Brasil. "Durante as obras da nova Vila Belmiro, o Santos irá jogar onde o torcedor está, no Brasil inteiro. Vamos para Brasília, Curitiba, interior de São Paulo e outras regiões. E o Pacaembu, por fazer parte da história do Santos, será a nossa casa oficial", disse.

No Pacaembu, o Santos se sagrou campeão de quatro Campeonatos Paulistas, dois Rio-São Paulo, uma Recopa Sul-Americana e uma Libertadores . "Além dos títulos, o Pacaembu é o segundo estádio que mais teve gols de Pelé, atrás somente da Vila Belmiro", reforçou Marcelo Teixeira.

Além do encontro para tratar do Pacaembu, Marcelo já se reuniu com os executivos da WTorre, que mantém um memorando de intenções com o clube para construção da nova Vila Belmiro. "Na minha gestão eu dei início, ainda com Walter Torre, às tratativas para construir a nova Vila Belmiro. E estive com os executivos da construtora recentemente para saber o que planejam, em uma conversa que foi extremamente positiva", explicou Marcelo Teixeira. "Vou rapidamente alinhar com a WTorre direitos e deveres do acordo e já seguir para a formalização dos contratos", reforçou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes