Segurança: com Arboleda na zaga, São Paulo não sofreu gol nos últimos cinco jogos

O zagueiro Robert Arboleda tornou-se sinônimo de solidez defensiva no São Paulo. Desde que o equatoriano retornou de contusão, o Tricolor não sofreu mais gols nas partidas que contou com o jogador como titular.

No jogo de volta da final da Copa do Brasil, diante do Flamengo, o defensor sentiu dores na coxa esquerda e ficou de fora por cerca de um mês. Ele voltou no duelo com o Cruzeiro e não saiu mais, a não ser a derrota para o Fluminense, quando estava a serviço da seleção na data Fifa.

Nos cinco compromissos com Arboleda à frente da zaga, o São Paulo não tomou nenhum gol. O time venceu Cruzeiro, Bragantino e Bahia e empatou com Santos e Cuiabá.

A dupla do equatoriano com o jovem Beraldo também rendeu bons frutos para a equipe de Dorival Júnior nesta temporada. A dupla como titular não foi vazada em 16 das 24 partidas disputadas no ano. No Brasileiro, eles iniciaram dez jogos e não sofreram tentos em seis.

Na última quarta-feira (29), Arboleda mais uma vez foi fundamental para o São Paulo. Com grande atuação, o jogador realizou um corte providencial para que o Tricolor não fosse vazado e vencesse o Bahia por 1 a 0, em Salvador, conquistando a primeira vitória como visitante no Brasileirão.

Com 50 pontos, o Tricolor também está livre de qualquer risco de rebaixamento e apenas cumpre tabela nas últimas rodadas. O time já tem vaga garantida na próxima Libertadores com o título da Copa do Brasil, conquistado neste ano.

O próximo adversário da equipe é o Atlético-MG, postulante ao título nacional, neste sábado (2). O duelo está marcado para as 21h (de Brasília), no Mineirão, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro.

Continua após a publicidade

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora