Tinga exalta força do grupo para encerrar jejum de vitórias e mira classificação do Fortaleza na Sul-Americana

O Fortaleza voltou a vencer após dez partidas. Nesta quinta-feira, o Leão do Pici superou o Red Bull Bragantino, fora de casa, pelo Brasileirão. A equipe cearense marcou dois gols no início do primeiro tempo e segurou o resultado para entrar na zona de classificação da Copa Sul-Americana e se livrar do rebaixamento. O lateral Tinga, apontou a força do grupo como fator decisivo no fim da sequência ruim e mirou vaga na competição continental.

ACREDITAR ATE O FIM! VAMOOOOOOOOOOOOOOOOOOOS! ?

? Yago Pikachu

? Calebe#FortalezaEC #Brasileirão pic.twitter.com/MZr8qe3BbU

? Fortaleza Esporte Clube ? (@FortalezaEC) December 1, 2023

"O grupo é muito forte, a gente passou dez jogos sem a vitória e esse time é muito merecedor. Essas dez rodadas não apagam o que a gente fez nesse ano, que foi muito histórico para nós, conseguimos o tetracampeonato em cima do nosso rival, chegamos na final da Sul-Americana. Mas a gente sempre se manteve em cima, fazendo grandes jogos, infelizmente teve esse momento ruim, mas a gente sempre acreditou. Então a gente fica muito feliz com o objetivo concluído, que é a permanência e um grande passo para a Sul-Americana que a gente quer voltar, tem um gostinho amargo", disse Tinga na saída de campo.

Continua após a publicidade

A última vitória do Fortaleza havia sido no início de outubro, contra o América-MG. Desde então, foram seis derrotas e quatro empates, incluindo o vice na Sul-Americana. Segundo Tinga, o momento ruim afetou a equipe, que não conseguiu ampliar a vantagem mesmo após as expulsões de Eric Ramires e Alerrandro, do Bragantino.

"A gente sofreu muito mais porque a gente estava sem ganhar. Mesmo com o adversário com dois jogadores a menos, a gente foi para trás com medo de tomar o gol, então acho que a gente podia ter matado, mas jogar aqui é muito difícil e a gente conseguiu um primeiro tempo fantástico, conseguimos fazer o 2 a 1. Tomamos o gol no final, mas não apaga o desempenho que tivemos e agora é fechar com chave de ouro em casa", acrescentou.

O Fortaleza volta a campo neste domingo, quando encara o rebaixado Goiás, às 18h30 (de Brasília), na Arena Castelão. O confronto é válido pela 37ª rodada do Brasileirão.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes