Cristiano Ronaldo sofre processo de quase R$ 5 bilhões devido a envolvimento com criptomoedas

Nesta quinta-feira, o veículo britânico BBC divulgou envolvimento de Cristiano Ronaldo em um processo bilionário, devido a uma publicidade feita em parceria com a empresa "Binance". O caso está sendo processado nos Estados Unidos. O jogador pode ter que pagar uma indenização de 915 milhões de euros, o que equivale a R$ 4,9 bilhões na cotação atual.

De acordo com a BBC, a participação do astro português na publicidade para a empresa chinesa trouxe prejuízo aos autores da queixa. Eles alegam terem perdido dinheiro nos investimentos feitos em cima de CR7.

Cooking something up with @Cristiano...

Stay tuned. pic.twitter.com/OxqJ435bp3

? Binance (@binance) November 28, 2023

A "Binance" trabalha com criptomoedas e em 2022 lançou um conjunto de NFTs (Non-Fungible Token) da marca do jogador do Al-Nassr. O mais barato estava avaliado em 77 dólares e Cristiano realizou constantes publicações divulgando o projeto.

Após um ano, O NFT passou a custar apenas 1 dólar. Os autores ainda alegam que a parceria entre os dois lados resultou em um aumento de 500% nas buscas pelas criptomoedas. O veículo britânico ainda tentou contatar o jogador e a empresa, mas não obteve respostas.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes