Santos é atropelado pelo Fluminense na Vila e segue ameaçado pelo rebaixamento no Brasileirão

O Santos segue correndo risco de ser rebaixado no Campeonato Brasileiro. Nesta quarta-feira, o Peixe perdeu por 3 a 0 para o Fluminense, em plena Vila Belmiro, pela 36ª rodada do torneio. Martinelli, Arias e Cano marcaram os gols.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano, que não perdia há sete partidas, estacionou na 15ª colocação, com 43 pontos, apenas dois a mais que o Bahia, que abre a zona do rebaixamento. O Tricolor, por sua vez, está em sétimo, com 56.

O Santos volta a campo no domingo, às 18h30 (de Brasília), quando visita o Athletico-PR, pela 37ª rodada do Brasileirão. No mesmo dia, mas às 16 horas, o Fluminense encara o Palmeiras, no Allianz Parque.

O jogo

Precisando vencer para se afastar das últimas posições do campeonato, o Santos começou o jogo tentando pressionar. A equipe subiu as linhas para tentar sufocar os rivais e chegou a rondar a área, mas não conseguiu transformar a posse em finalizações.

Do outro lado, os visitantes foram precisos logo na primeira chegada. Com nove minutos, Martinelli recebeu bom passe de Arias e, da entrada da área, bateu no cantinho para abrir o placar.

E o time seguiu construindo chances para ampliar. Com 22, Cano arriscou de fora, a bola desviou em Jean Lucas e quase encobriu João Paulo, que conseguiu se recuperar para mandar pela linha de fundo. Na sequência, o goleiro voltou a trabalhar, dessa vez e forte arremate cruzado de Keno.

Já aos 35, saiu o segundo. Diogo Barbosa foi acionado nas costas de Mendoza e cruzou na medida para Arias. Sozinho, o atacante cabeceou com categoria e saiu para o abraço. Cinco minutos depois, Keno tabelou com Arias e chutou na saída de João Paulo, que espalmou.

O Peixe, por sua vez, sofreu bastante para levar perigo. Foram apenas dois chutes. O primeiro foi com Dodô, que interceptou o passe de Thiago Santos, carregou até a intermediária e soltou uma pancada por cima. No fim, Jean Lucas tentou e parou nas mãos de Fábio.

Continua após a publicidade

2º tempo

Na volta do intervalo, o Santos melhorou e partiu para cima. Com apenas dois minutos, Soteldo puxou ataque pela esquerda e tocou para Silvera, que bateu no canto. A bola desviou na marcação e quase entrou. Fábio se esticou todo para desviar pela linha de fundo.

Aos 11, Mendoza recebeu na ponta direita e buscou o ângulo, obrigando o goleiro a voar para fazer uma grande defesa. No escanteio, o colombiano pegou o rebote e tentou de novo, porém sem direção.

O Fluminense respondeu no lance seguinte. Diogo Barbosa foi lançado com liberdade e cruzou para Ganso, que mandou na trave. No rebote, o Tricolor trabalhou a bola até chegar em Arias dentro da área. O atacante deixou para Martinelli, que serviu com perfeição para Cano. Sozinho, o centroavante estufou as redes e anotou o terceiro dos visitantes.

Apesar da desvantagem, o Alvinegro Praiano ainda tentou buscar uma reação. Com 23 minutos, Marcos Leonardo foi acionado no bico da pequena área e chutou rasteiro para mais uma ótima intervenção de Fábio. No rebote, Silvera carimbou a trave.

Nos minutos seguintes, os donos da casa seguiram em cima. Contudo, a noite não era do Santos. A equipe até criou chances e concluiu em gol, mas Fábio fechou o gol. Quando não era o arqueiro, ele contava com a ajuda da defesa ou da trave.

Continua após a publicidade

Aos 38 minutos, Julio Furch recebeu de Soteldo na área, limpou a marcação e emendou uma bomba. A bola até passou pelo goleiro, mas parou em Nino, que salvou de forma incrível em cima da linha. Aos 44, Joaquim soltou uma pancada e carimbou o travessão. No lance seguinte, foi a vez de Furch parar no poste.

Assim, o jogo terminou com a derrota do Peixe, que segue ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

FICHA TÉCNICA

SANTOS 0 X 3 FLUMINENSE

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)

Data: 29 de novembro de 2023

Continua após a publicidade

Horário: 19 horas (de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (FIFA)

Assistentes: Rafael da Silva Alves (FIFA) e Michael Stanislau

VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior

Público: 12.855

Renda: R$ 622.012,50

Continua após a publicidade

Cartões amarelos: Dodi, Rodrigo Fernández (Santos); Thiago Santos, Guga, Cano (Fluminense)

GOLS: Martinelli, aos 9 do 1ºT, Arias, aos 35 do 1ºT, Cano, aos 13 do 2ºT (Fluminense)

SANTOS: João Paulo; Messias, Joaquim e Dodô (Inocêncio); Lucas Braga, Rodrigo Fernández (Patati), Dodi (Silvera), Jean Lucas e Mendoza; Marcos Leonardo (Furch) e Soteldo

Técnico: Marcelo Fernandes

FLUMINENSE: Fábio, Guga, Nino, Thiago Santos e Diogo Barbosa; André, Martinelli (Lelê), Paulo Henrique Ganso (Lima); Jhon Arias, Germán Cano (Yony Gonzalez) e Keno (John Kennedy)

Técnico: Fernando Diniz

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes