Atlético-MG faz três no Maracanã, e Flamengo perde a vice-liderança do Brasileiro

O Atlético-MG confirmou o bom returno ao vencer o Flamengo, por 3 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Galo chegou a 63 pontos e assumiu a vice-liderança do torneio nacional. Já os rubro-negros seguem com a mesma pontuação do adversário desta rodada, mas perderam a segunda posição e caíram para o quarto lugar.

Com a derrota para o time mineiro, o sonho do título se distanciou do Rubro-Negro carioca. Isso porque o Palmeiras vai vencendo o América-MG no Allianz Parque e alcançando os 66 pontos.

O Atlético-MG abriu o placar no início do primeiro tempo, com Paulinho. No começo da etapa final, os mineiros ampliaram com Edenílson e Rubens.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Flamengo vai receber o Cuiabá, neste domingo, no Maracanã, às 16 horas (de Brasília). Já o Atlético-MG joga no sábado, quando encara o São Paulo, em Belo Horizonte, às 21 horas.

O jogo

A partida começou movimentada. O Flamengo tentou pressionar nos primeiros minutos, mas viu o Atlético-MG abrir o placar aos sete minutos. Paulinho foi lançado na área e finalizou na saída de Rossi.

O revés não mudou a postura do Flamengo, tanto que os rubro-negros quase empataram em seguida, em cabeceio de Léo Pereira que parou em Everson. Do outro lado, o Atlético-MG assustou em chute de longe de Otávio.

Com o passar do tempo, os donos da casa aumentaram a pressão. O Flamengo quase marcou aos 36 minutos, em chute de Everton Cebolinha. O Galo respondeu com Hulk, que recebeu passe na área, mas chutou próximo do gol.

Nos minutos finais, os cariocas voltaram a criar grande chance. Bruno Henrique aproveitou cobrança de falta na área e cabeceou para defesa de Everson. Assim, os visitantes conseguiram segurar a vantagem até o intervalo.

Continua após a publicidade

No segundo tempo, o Atlético-MG aproveitou contra-ataque aos cinco minutos para ampliar o placar no Maracanã. Edenílson foi lançado e tocou sem chance para Rossi.

O novo revés foi sentido pelo Flamengo. Os rubro-negros seguiram tendo a posse de bola, mas pouco incomodavam o Galo.

O panorama da partida seguiu o mesmo ao longo da etapa final. O Flamengo continuava parando na marcação do Atlético-MG. Já os mineiros tentavam os avanços rápidos.

O time mineiro decretou a vitória aos 36 minutos do segundo tempo. Em mais um contra-ataque, Pavón tocou para Rubens, que mandou de carrinho para a rede.

Nos minutos finais, o Flamengo seguiu buscando o gol de honra. No entanto, o Galo manteve a boa marcação para sair de campo com o triunfo.

Continua após a publicidade

???? FIM DE JOGO! O GALO GOLEIA O FLAMENGO NO MARACANÃ, 3 A 0, ENTRA DE VEZ NA BRIGA E FAZ A MASSA GRITAR: EU ACREDITO!

? Paulinho, Edenilson e Rubens marcaram para o Alvinegro#VamoGalo #GaloPaixãoNacional #FLAxCAM ??? pic.twitter.com/p8sP7mlKJ4

? Atlético (@Atletico) November 30, 2023

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 0 X 3 ATLÉTICO-MG

Continua após a publicidade

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Data: Quarta-feira, 29 de novembro de 2023

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (SC-Fifa)

Assistentes: Bruno Boschilia (PR-Fifa) e Bruno Raphael Pires (GO-Fifa)

VAR: Wagner Reway (PB-VAR-Fifa)

Continua após a publicidade

Cartões amarelos: Fabrício Bruno, Léo Pereira e Gerson (Flamengo); Zaracho e Emerson (Atlético-MG)

GOLS: Paulinho, aos 7min do primeiro tempo; Edenílson, aos 5min do segundo tempo; Rubens, aos 36min do segundo tempo (Atlético-MG)

FLAMENGO: Agustín Rossi, Matheuzinho (Wesley), Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Thiago Maia (Everton Ribeiro) (Luiz Araújo), Gerson e Arrascaeta; Bruno Henrique, Pedro e Everton Cebolinha (Gabigol)

Técnico: Tite

ATLÉTICO-MG: Everson, Saravia (Mariano), Maurício Lemos (Igor Rabello), Jemerson e Guilherme Arana; Otávio, Zaracho (Pavón), Edenílson e Igor Gomes (Rubens); Hulk e Paulinho (Alan Franco)

Técnico: Luiz Felipe Scolari

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes