Coritiba suspende contrato de Alef Manga, punido por manipulação de jogos

O Coritibaanunciou hoje (28) a suspensão do contrato do atacante Alef Manga, que foi punido pela Fifa por conta de seu envolvimento em esquemas de manipulação de jogos. O atleta está impedido pela entidade de participar de atividades relacionadas ao futebol por 360 dias e terá de pagar R$ 50 mil de multa.

Segundo nota oficial divulgada pelo clube, Alef Manga está impedido pela Fifa "de treinar dentro das dependências do clube ou exercer qualquer atividade relacionada ao futebol durante o período da penalidade". Por conta disso, o Coritiba optou pela suspensão do contrato do jogador.

O Coxa também destaca que a decisão pela suspensão do acordo é baseada no artigo 28, §7o, da Lei Pelé e pelo teor das cláusulas constantes do Contrato Especial de Trabalho Desportivo do Atleta.

Alef Manga teve seu nome envolvido na Operação Penalidade Máxima II e também foi punido pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) do Paraná. Quando saiu essa primeira pena ao jogador, o Coritiba emprestou o atacante para o Pafos, do Chipre. Com a suspensão global da Fifa, no entanto, o atleta está impedido de atuar por lá também.

Confira, na íntegra, a nota divulgada pelo Coritiba:

O Coritiba SAF informa que o contrato de trabalho do atleta Alef Mangueira Severino Pereira está suspenso.

A decisão ocorre em razão da suspensão mundial imposta pela FIFA, o que impossibilita o atleta de treinar dentro das dependências do clube ou exercer qualquer atividade relacionada ao futebol durante o período da penalidade.

O clube esclarece que o ato está respaldado pelo artigo 28, §7o, da Lei Pelé e pelo teor das cláusulas constantes do Contrato Especial de Trabalho Desportivo do Atleta.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes