PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Calleri lamenta queda do São Paulo no 2º tempo, mas não concorda com vaias da torcida

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

28/05/2022 21h20

Calleri saiu de campo decepcionado com o empate em 2 a 2 com o Ceará, neste sábado, no Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro. Na saída de campo, o autor do primeiro gol do São Paulo foi questionado sobre as vaias de parte da torcida por causa do tropeço e não escondeu sua irritação pelo fato de o time não ter conseguido vencer em casa.

Se conquistasse o resultado positivo, o São Paulo assumiria a liderança do Campeonato Brasileiro, ainda que de forma provisória, mais um motivo para Calleri não digerir bem o tropeço.

"Se vencêssemos, assumiríamos a liderança do Campeonato Brasileiro. Quase somos líderes e fomos vaiados. No primeiro tempo jogamos muito bem, poderíamos ter feito três, quatro gols, mas não deu. No segundo tempo jogamos muito mal e acho que foi um resultado justo, mas as vaias não", comentou Calleri ao Premiere.

Após o apito final, parte dos mais de 32 mil torcedores que compareceram no Morumbi ignorou o fato de o São Paulo estar invicto há 12 jogos e demonstrou sua insatisfação com o resultado através de vaias - a última derrota tricolor foi para o Flamengo, no dia 17 de abril.

Agora o São Paulo terá uma semana livre para se preparar para o próximo compromisso na temporada, que acontece sábado, contra o Avaí, na Ressacada, novamente pelo Campeonato Brasileiro. Por ora, resta ao elenco torcer para que os outros resultados desta rodada não tirem o Tricolor das primeiras colocações.

Futebol