PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogador de time inglês se assume gay, revela apoio e torce: "Quero ser inspiração"

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

16/05/2022 21h14

O atacante Jake Daniels, de 17 anos, se assumiu gay e se tornou o primeiro jogador homem a revelar sua homossexualidade na Inglaterra desde Justin Fashanu, nos anos 90. Jake, que joga pelo Blackpool, time da segunda-divisão inglesa, revelou que ganhou apoio após a revelação e torce para que seu caso se torne exemplo.

"Eu odiei mentir durante toda a minha vida e sentir a necessidade de mudar para me encaixar. Eu quero ser uma inspiração fazendo isso", disse Jake em nota oficial publicada no site do Blackpool.

Segundo o próprio jogador, o clube tem demonstrado verdadeiro apoio. A equipe se manifestou, pedindo um futebol mais inclusivo e com menos discriminações.

"É vital que nos todos promovamos um ambiente onde pessoas se sintam confortáveis para serem elas mesmas. Que o futebol tome a liderança para remover qualquer tipo de discriminação e prejuízo", divulgou o Blackpool.

"Tem sido tanto tempo de mentira. Eu processei dia após dia como eu ia fazer, quando eu ia fazer. E sinto que agora é a hora certa de fazer isso. Me sinto pronto para contar às pessoas a minha história, quero que as pessoas conheçam meu verdadeiro eu. Mentir o tempo todo não é algo que eu quero fazer, agora me sinto pronto para ser eu mesmo", contou Jake em entrevista à Sky Sports.

Confira a nota emitida por Jake Daniels na íntegra:

"Essa temporada tem sido fantástica para mim dentro do campo. Eu fiz minha primeira partida como profissional, marquei 30 gols pelas categorias de base, assinei meu primeiro contrato e tive sucesso junto com meus companheiros, tendo uma boa campanha na FA Cup juvenil e vencendo a Lancashire FA Pro-Youth Cup.

Mas fora do campo, eu tenho escondido o meu verdadeiro eu e quem eu realmente sou. Eu soube por toda a minha vida que sou gay e agora sinto que estou pronto para assumir e ser eu mesmo.

É um passo rumo ao desconhecido sendo um dos primeiros jogadores neste pais a revelar sua sexualidade, mas eu me inspirei em Josh Cavallo, Mat Morton e atletas de outros esportes, como Tom Daley, a ter a coragem e determinação para promover mudança.

Chegando a esse ponto, eu tive o melhor apoio e suporte da minha família, meu clube, meu agente e a Stonewall, que tem sido incrivelmente proativa, colocando meus interesses e meu bem-estar no primeiro lugar. Eu também assumi para meus companheiros nas categorias de base do Blackpool, e eles também receberam bem a notícia e apoiaram minha decisão de me abrir e contar às pessoas.

Eu odiei mentir durante toda a minha vida e sentir a necessidade de mudar para me encaixar. Eu quero ser uma inspiração fazendo isso.

Há pessoas por aí na mesma situação que eu que talvez não se sintam confortáveis para revelar sua sexualidade. Eu gostaria de dizê-los que você não precisa mudar que você é, ou como você deveria ser, apenas para se encaixar.

Você sendo você, e sendo feliz, é o que mais importa"

Posicionamento do Blackpool:

Blackpool Football Clube trabalhou juntamente com a Stonewall e as relevantes organizações de futebol para apoiar Jake. Estamos incrivelmente orgulhosos que ele chegou no estágio de empoderamento para se expressar tanto dentro quanto fora do campo.

É vital que nos todos promovamos um ambiente onde pessoas se sintam confortáveis para serem elas mesmas. Que o futebol tome a liderança para remover qualquer tipo de discriminação e prejuízo.

Futebol