PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Chelsea anuncia coproprietário dos Los Angeles Lakers como seu novo dono

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

06/05/2022 22h26

O Chelsea confirmou, nesta sexta-feira, que chegou a um acordo com um novo grupo de donos após a saída do russo Roman Abramovich. O clube inglês agora fica nas mãos de um consórcio liderado pelo americano Todd Boehly, com o auxílio monetário do grupo de investimentos norte-americano Clearlake Capital.

Boehly é mandatário em clubes de outros esportes, como o Los Angeles Lakers, da NBA (liga de basquete), e o Los Angeles Dodgers, da MLB (liga de beisebol). Constam, ainda, no consórcio o roteirista Jonathan Goldstein, o empresário Mark Walter - também coproprietário dos Lakers -, e o suíço Hansjörg Wyss.

O investimento total na aquisição das ações do clube chega a 2,5 bilhões de libras e, conforme antecipado pelo antigo dono Abramovich, o valor será depositado em uma conta congelada no Reino Unido até que o governo autorize a transferência para instituições de caridade, desejo pessoal do russo.

Além disso, vem aí muito dinheiro para o Chelsea. Segundo divulgado pelo clube, serão investidos, futuramente, 1,75 bilhões de libras no clube que serão destinados ao estádio de Stamford Bridge, ao time feminino, às categorias de base e ao estádio da equipe feminina, o Kingsmeadow. Além disso, a Chelsea Foundation será financiada continuamente.

Para selar o acordo, ainda faltam alguns detalhes burocráticos, mas o clube acredita que a venda será concluída até o final do mês.

Futebol