PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Após semana cheia de treinos, Abel diz que esperava mais do Palmeiras no clássico

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

31/07/2021 22h28

Depois de uma semana de apenas treinos, o Palmeiras ficou apenas no empate sem gols com o São Paulo, no Morumbi, neste sábado, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. E na avaliação do técnico Abel Ferreira, o Verdão deixou a desejar, principalmente no ataque.

"Esperava, sobretudo com bola, nossa equipe mais criativa. Nós fizemos uma semana muito boa de trabalho. Estava mesmo à espera que hoje fizéssemos um jogo mais criativo, onde criássemos mais oportunidades. Mas a história nos diz que neste tipo de clássicos nunca há muitas oportunidades. Era um jogo entre uma equipe que quer muito somar pontos e outra que quer continuar na liderança e foi isso que nós fizemos aqui, tentamos dar o nosso melhor", disse em coletiva.

Para tentar explicar a falta de chances de gol, o comandante português destacou a forte marcação do São Paulo.

"É uma equipe com uma pegada muito forte. No estudo que fizemos, vimos que era a segunda equipe que mais faz faltas no campeonato e isso mostra bem a agressividade. E num clássico como este a classificação não conta, sabíamos muito o quanto o nosso rival queria ganhar, mas a verdade é que não tivemos a criatividade normal que é preciso ter contra equipes que fazem este tipo de marcação", completou.

Em compensação, Abel gostou do seu sistema defensivo, que chegou ao quinto jogo consecutivo sem ser vazado, um recorde desde que ele assumiu o comando da equipe.

"Mas, ao mesmo tempo, tivemos a capacidade de continuar com a nossa baliza a zero. A gente já vem com uma série boa de jogos sem sofrer gols. Foi um jogo muito competitivo, mais do que bem jogado. Contra o São Paulo os duelos que nós temo sido assim, um jogo de pegada. Já foi assim na final do Paulista", analisou.

Agora, o técnico terá mais uma semana de apenas treinamentos para tentar ajustar o seu esquema, O próximo embate é apenas no sábado, contra o Fortaleza, no Allianz Parquem pela 14ª rodada do Brasileirão.

"Temos que trabalhar, melhorar os nossos processos. Hoje poderíamos ter feito, sobretudo com a bola, um jogo mais dinâmico, era o que eu estava esperando. Esperava que a nossa equipe chegasse aqui e impusesse o nosso jogo, sobretudo ofensivo, uma vez que defensivamente conseguimos manter a baliza zero", comentou.

"É com trabalho, penso no dia a dia, jogo a jogo, treino a treino, é dar o melhor de mim, tentar tirar o melhor dos nossos jogadores, tentar melhorar os novos processos ao longo das semanas e chegar aos jogos para dar o nosso melhor. Agora é descansar os novos jogadores e preparar o próximo jogo", finalizou.

Com o empate, o Palmeiras segue na liderança do Nacional, agora com 32 pontos, quatro a mais que o vice-líder Atlético-MG. O Galo, no entanto, pode encurtar essa distância neste domingo, quando encara o Athletico-PR.

Futebol