PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jogadora do Palmeiras faz comentário homofóbico em rede social e pede desculpas

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

09/05/2021 12h56

Na manhã desse domingo, a atacante Chú Santos, do Palmeiras, fez um comentário homofóbico em seu perfil do Facebook. A atleta comentou em uma postagem que o ator Paulo Gustavo, homossexual e que recentemente morreu por conta da covid-19, "foi para o inferno".

Várias jogadoras se manifestaram fortemente contra o comentário de Chú. Katiuscia, lateral-direita do Corinthians, escreveu em seu Twitter: "Quando chegar lá no céu, não vai ter Deus pra julgar não, vai ter a chú pra julgar quem sobe e quem desce."

Kika Brandino, atleta do Grêmio, também se manifestou: "Religião não é desculpa, LGBTfobia é crime".

A Chú publicou em suas redes sociais um vídeo pedindo desculpas: "Da mesma forma que tive peito de ir lá e comentar no facebook, também tenho peito de vir aqui me desculpar. Pode ter certeza que não vai mais acontecer, foi um impulso e acabou gerando esse comentário. Quero pedir desculpas a todos vocês, se atingiu vocês de alguma forma. Peço desculpas e quero que vocês me perdoem".

A assessoria do Palmeiras confirmou à Gazeta Esportiva que o assunto será tratado internamente. Hoje, às 20 horas, o Palmeiras visita o Corinthians pelo Brasileirão Feminino.

Futebol