PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Dupla busca passar em branco pela primeira vez na zaga titular do Palmeiras

Os jogadores Alan Empereur e Benjamín Kuscevic (D), são apresentados como os mais novos jogadores da SE Palmeiras, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco) - Cesar Greco
Os jogadores Alan Empereur e Benjamín Kuscevic (D), são apresentados como os mais novos jogadores da SE Palmeiras, na Academia de Futebol. (Foto: Cesar Greco) Imagem: Cesar Greco

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

25/02/2021 08h00

Visando a final da Copa do Brasil contra o Grêmio, o Palmeiras entrará em campo nesta quinta-feira (25), contra o Atlético-MG, com uma equipe alternativa. Com isso, a tendência é que a dupla de zaga alviverde seja formada por Benjamin Kuscevic e Alan Empereur. Juntos e jogando como titulares, os dois ainda não conseguiram passar em branco.

Nos dois jogos em que ambos iniciaram juntos, o Verdão sofreu gol. O primeiro foi no empate em 1 a 1 contra o Vasco, no Allianz Parque, quando Kuscevic e Empereur participaram dos 90 minutos. Depois, na derrota por 1 a 0 para o Coritiba, no Couto Pereira, o chileno foi expulso e dificultou a vida da defesa palmeirense.

Kuscevic e Empereur possuem números melhores em partidas que atuaram juntos após um dos dois sair do banco. Na vitória por 3 a 0 sobre o Bahia, em dezembro, a dupla esteve em campo durante todo o segundo tempo, após Empereur substituir Gustavo Gómez.

Contra Sport e Fortaleza, triunfos por 1 a 0 e 3 a 0, respectivamente, ambos atuaram juntos por alguns minutos e não foram vazados, mas também não formaram uma dupla. Nas duas ocasiões, Abel Ferreira escalou o Palmeiras com três zagueiros.

Já no empate em 1 a 1 com o Botafogo, no começo de fevereiro, Kuscevic entrou no lugar de Emerson Santos e esteve ao lado de Empereur por mais de 45 minutos. Durante o tempo em que estiveram em campo, o Verdão concedeu o tento de Rafael Navarro, que sacramentou o resultado.

Contra o River Plate, pela volta da semifinal da Libertadores, Empereur e Kuscevic também estiveram juntos no gramado por alguns minutos. Acontece que o Palmeiras também contava com Emerson Santos e Luan na defesa, na tentativa de segurar o ataque argentino. Portanto, os dois não formaram uma dupla, mas conseguiram que o Alviverde não sofresse mais nenhum gol e se classificasse para a final do torneio continental.

A partida contra o Atlético-MG, válida pela 38ª rodada do Campeonato Brasileiro, será realizada às 21h30 (de Brasília) desta quinta-feira (25), no Mineirão. Já o jogo de ida da final da Copa do Brasil, contra o Grêmio, será disputado no domingo (28), às 16 horas, em Porto Alegre.

Palmeiras