PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com temporada de altos e baixos, Diniz passa por novo momento conturbado no São Paulo

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

27/01/2021 06h00

O trabalho de Fernando Diniz no comando do São Paulo nesta temporada tem sido marcado por altos e baixos. O técnico teve bons momentos e conquistou importantes resultados ao longo da atual campanha, mas também obteve outros que decepcionaram e tiraram a paciência do torcedor tricolor.

No Campeonato Paulista, a equipe foi bem na fase de grupos e avançou para o mata-mata com a terceira melhor campanha geral, ficando atrás apenas de Bragantino e Palmeiras. No entanto, perdeu para um bastante desfalcado Mirassol nas quartas e acabou sendo eliminada do Estadual de forma vergonhosa.

Já na Libertadores, embora tenha caído em uma chave complicada, desapontou a torcida ao ser derrotada pelo inferior Binacional-PER e acabou abandonando a competição ainda na fase de grupos. O time foi para a Sul-Americana com a eliminação, mas durou pouco pois foi batido pelo Lanús-ARG no placar agregado e deixou o torneio.

Apesar da pressão dos torcedores por conta das eliminações, o treinador foi mantido no cargo e conseguiu se recuperar na temporada com uma bela arrancada no Campeonato Brasileiro. O São Paulo engatou uma sequência de bons resultados que levaram a equipe à liderança da competição, chegando a ficar com sete pontos de vantagem para o segundo colocado.

Porém, o Tricolor perdeu o ritmo nos últimos jogos, foi eliminado da Copa do Brasil pelo Grêmio e deixou a ponta do Brasileirão, sendo ultrapassado pelo Internacional. Além disso, ainda não venceu em 2021 e pode terminar o mês de janeiro sem a conquista de vitórias.

Com a queda de rendimento, Diniz voltou a enfrentar um momento conturbado no clube. O técnico passou a novamente ser cobrado pela torcida e agora corre o risco de ser demitido antes do término do Nacional.

Assim, o comandante chega para enfrentar o Atlético-GO extremamente pressionado. Mesmo já tendo enfrentado situações complicadas na temporada, uma vitória diante do Dragão parece ser o único caminho para o treinador permanecer no Tricolor.

Futebol