PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras volta a ter concorrência na zaga com Gomez, Felipe Melo e Luan à disposição

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

28/10/2020 06h00

Depois de passar os últimos jogos com problemas para formar a dupla de zaga, o Palmeiras volta a ter concorrência forte no setor para o duelo contra o Red Bull Bragantino, nesta quinta-feira, às 19h, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Pela primeira vez desde a vitória contra o Ceará, no dia 3 de outubro, pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Verdão volta a ter Gustavo Gomez, Felipe Melo e Luan juntos como opção para uma partida. Desde então passaram-se seis jogos com pelo menos um deles como desfalque.

Nos duelos contra Botafogo e São Paulo, Gustavo Gomez esteve com a seleção paraguaia e não pôde atuar. Luan foi o substituto, mas sofreu lesão no Choque-Rei, e também foi desfalque nas partidas seguintes. Sem os dois, Vanderlei Luxemburgo, em seu último jogo antes de ser demitido, precisou escalar o jovem Renan, de apenas 18 anos, ao lado de Felipe Melo. O time não teve boa atuação e acabou derrotado por 3 a 1 para o Coritiba, dentro do Allianz Parque.

Na sequência, contra o Fortaleza, foi a vez de Felipe Melo ficar de fora, suspenso por levar o terceiro cartão amarelo. Com Gustavo Gomez de volta, Andrey Lopes, em seu primeiro jogo como interino, optou por escalar Emerson Santos, que ainda não havia atuado na temporada. A equipe sofreu nova derrota, desta vez por 2 a 0. Para piorar, o paraguaio acabou expulso, virando desfalque novamente.

Felipe Melo e Gustavo Gomez até voltaram a atuar juntos na goleada sobre o Tigre, pela Copa Libertadores, mas com o paraguaio cumprindo suspensão no Brasileiro, a dupla de zaga na última rodada, na vitória por 3 a 0 sobre o Atlético-GO, foi formada por Luan ao lado do camisa 30.

Para o duelo de mata-mata contra o Red Bull Bragantino, a tendência é que Felipe Melo e Gustavo Gomez mantenham-se como a dupla titular, mas Luan passa a correr por fora, já que fez jogo seguro contra o Atlético-GO.

Do trio, Gustavo Gomez é quem mais atuou até aqui, com 30 jogos realizados na temporada. Com ele em campo, o Palmeiras teve 17 vitórias, 11 empates e apenas duas derrotas. Já Felipe Melo participou de 25 partidas, com 13 vitórias, sete empates e cinco derrotas. Tanto o paraguaio como o atual capitão palmeirense foram titulares em todas as vezes que entraram em campo na temporada.

Luan é o que menos atuou, com 21 jogos, sendo 15 como titular e seis entrando no decorrer do segundo tempo. Foram 12 vitórias, seis empates e duas derrotas.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol