PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Dutra da Silva bate Gutierrez em Brasília e conquista o troféu da Brasil Tennis Cup

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

25/10/2020 16h42

Neste domingo, o paulista Daniel Dutra da Silva bateu Oscar Gutierrez pela decisão da Brasil Tennis Cup, por 6/3 e 6/2, em Brasília, e conquistou seu segundo troféu no Circuito Brasileiro de Profissionais. O canhoto de 32 anos conseguiu a revanche contra o gaúcho, para quem perdeu na final em Curitiba.

Assim, Dutra da Silva, que foi à final nas três primeiras competições realizadas pelo Instituto Sports após a retomada do tênis, recebe da organização R$ 7 mil e 200 pontos no ranking da Confederação Brasileira de Tênis. Campeão também da etapa de Recife, o jogador afirmou ter se sentido melhor na partida deste final de semana, embora tenha vencido todos os jogos sem perder um set sequer ao longo dos últimos dias.

Daniel Dutra da Silva bateu Oscar Gutierrez pela decisão da Brasil Tennis Cup por 6/3 e 6/2

"Hoje eu consegui jogar um nível de tênis muito bom. Durante a semana inteira eu não senti muito bem a bola, estava com dificuldade pra jogar. Hoje foi totalmente o inverso, parecia que eu estava treinando há duas semanas em Brasília. Desta vez eu consegui incomodá-lo com a minha bola mais alta e mais uma vez consegui sacar muito bem", declarou.

"Tenho buscado evoluir a cada jogo e me tornado bastante competitivo, o que é o mais importante. Por vezes as coisas não vão tão bem nas partidas, mas tenho conseguido me manter confiante e muito disso acontece em função desta boa série de vitórias", acrescentou.

Agora, o circuito parte para Piracicaba, no interior paulista. A competição começa nesta segunda-feira com as rodadas do qualifying a partir das 15h no Clube Cristóvão Colombo.

TRAJETÓRIA DE DANIEL DUTRA DA SILVA NA BRASIL TENNIS CUP

Primeira rodada: d. Marcelo Romboli Filho - 6/3 6/2

Segunda rodada: d. João Borges - 6/1 6/2

Quartas de Final: d. Fabio Varella - 6/1 6/3

Semifinal: Enrique Bogo - 6/3 7/5

Final: Oscar Gutierrez - 6/3 6/2

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL.

Futebol