Emprestado ao São Paulo, volta de David ao Inter pode custar R$ 6,8 milhões

O Inter se prepara para receber de volta o atacante David, que disputou a temporada emprestado ao São Paulo.

O que aconteceu

A volta obrigará o Inter a arcar com R$ 6,8 milhões previstos quando firmou sua contratação, no ano passado. Em 2022, o Colorado pagou R$ 10,8 milhões ao Fortaleza.

Na ocasião, uma cláusula de contrato estabeleceu a compra de mais 47% dos direitos econômicos, que ficaram com o atleta. A cada ano, o clube fica responsável em adquirir um terço do total.

O total da negociação, considerando o valor já pago e o que resta pagar, ultrapassa os R$ 20 milhões. Neste ano, R$ 650 mil euros (R$ 3,4 milhões na cotação atual) foram pagos em setembro. Restam duas parcelas do mesmo valor, ou seja, 1,3 milhão de euros (R$ 6,8 milhões na cotação atual), com vencimentos para 2024 e 2025.

Fica no São Paulo?

O São Paulo não indicou ao Inter até o momento se pretende exercer a opção de compra prevista no contrato de David, estabelecida em 4 milhões de euros (R$ 21,1 milhões na cotação atual). O valor corresponde ao total que o Inter empenhou na negociação.

A expectativa é que o jogador retorne ao Colorado para 2024. Sua presença não é garantida e seu destino será avaliado no princípio da temporada.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes