Eleição no Santos: Wladimir Mattos não garante Marcelo Fernandes para 2024

As eleição no Santos irá ocorrer no sábado (9), na Vila Belmiro e o UOL apresenta uma série de entrevistas com os presidenciáveis.

O administrador de empresas Wladimir Mattos, da Chapa 2, é o segundo a expor suas ideias.

Qual sua prioridade como presidente caso seja eleito?

"Sem dúvida nenhuma, recuperar o futebol, a gênese do Santos. Estamos formando um time de profissionais capacitados e qualificados em nossa gestão. Simultaneamente, implementaremos as mudanças estruturantes necessárias, uma governança 100% profissional, e que contraponha um modelo autocrático que nos levou ao atoleiro que nos encontramos".

Quais setores você vê como mais carentes para a próxima temporada?

"Precisa ser, o futebol é a razão da existência do clube. Por isso, não pode, sob hipótese alguma, ser negligenciado. São varias posições carentes. Citaria as laterais, a zaga, um meia de armação e um atacante de beirada, mas essa é minha opinião ainda como torcedor. Quando assumirmos o posto, vamos nos reunir com nossa competente equipe, analisaremos estudos e definiremos as diretrizes".

Existe a intenção de manter o atual técnico Marcelo Fernandes para 2024?

"Buscaremos alguém que traga de volta o futebol propositivo e de habilidade, uma proposta condizente com a história e tradição do clube. O mais importante é o modelo. Acreditamos no trabalho a longo prazo, por isso precisamos ser assertivos na escolha."

Qual o planejamento para reforços?

"Nesse início de trabalho pretendemos participar de todo processo de montagem do grupo. Depois deixaremos a cargo da diretoria de futebol. Sabemos das limitações financeiras e o que pode ser feito em relação aos investimentos, mas precisamos reforçar o elenco. A estratégia é adotar uma postura assertiva e pontual, reforçar o elenco em posições que estamos carentes e que elas cheguem para resolver. Temos certeza que o atual coordenador técnico já tem em mãos mapeados alguns nomes para reforçar a equipe em 2024".

Existe a intenção de manter o coordenador de futebol Alexandre Gallo?

"Seria injusto avaliar o trabalho que ele vem realizando nesse momento. Ele assumiu com pouco tempo para mudar um cenário complicado. Por isso, pretendemos conversar para ver se existe convergência nas ideias e projetos que pretendemos trazer para o futebol".

Quais os planos para a base e futebol feminino?

"Nosso objetivo é tornar a marca "Meninos da Vila" reconhecida como a melhor do Brasil. Nesse processo estão inseridos a construção do CT, o aumento da base da pirâmide na captação e, principalmente, o investimento nas melhorias do processo de formação. Precisamos expandir nossa base de observadores pelo Brasil e melhorar nosso relacionamento com outros clubes formadores. O futebol feminino será tratado com o respeito e o carinho que merece. Elas precisam de uma estrutura melhor para treinamentos e jogos, precisamos reforçar o grupo, a comissão técnica, de saúde, social. Precisamos também pensar em trazer nossa base para perto de nós, oferecer condições mínimas de moradia, atendimento médico, assistencial, educacional".

Qual sua opinião sobre a nova Arena junto da Wtorre?

"A Arena é um dos pilares de sustentação de um projeto esportivo forte. Assim que assumir a presidência, quero me reunir com a WTorre para entender a situação financeira da empresa, o custo da obra e as cláusulas que estão sendo negociadas, mas a negociação prosseguirá com responsabilidade e senso de urgência, sem perder de vista os interesses do clube, associados e torcedores. Não vejo nesse momento nenhuma possibilidade de construção em outro local que não seja a Vila Belmiro".

Canal do Santos no Whatsapp

Quer saber tudo o que rola com o Santos sem precisar se mexer? Conheça e siga o novo canal do UOL dedicado ao time no WhatsApp.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes