Brasileiro do Atlético de Madri revela mágoa em negociação com Corinthians

O atacante Samuel Lino, que vem se destacando no futebol europeu, pelo Atlético de Madri, revelou que foi "tratado super mal" em negociação com o Corinthians, em 2020.

O que aconteceu

Samuel Lino explicou à ESPN que tinha um acordo verbal com o Corinthians, antes de se transferir para o Gil Vicente, de Portugal.

No entanto, uma pessoa não revelada, que trabalhava para os alvinegros, teve um tratamento desrespeitoso com ele e seu empresário durante uma reunião de negociação.

A experiência negativa fez com que Lino recusasse o Corinthians, embora fosse torcedor do clube paulista.

Foi um episódio muito triste. Quando as coisas não começam bem, não vão bem. A gente tinha tudo apalavrado com o Corinthians, nesse dia ia assinar o contrato junto com meu empresário. E o pessoal que nos atendeu, uma pessoa específica que não sei quem é, nos tratou muito mal. Havia mil maneiras de nos ter tratado bem ou normal, mas nos tratou super mal. A gente não gostou. Eu e meu empresário nos sentimos desrespeitados.
Samuel Lino

Após a negociação melar, o atacante de 23 anos partiu para o Gil Vicente, onde ficou por três temporadas.

Lino foi revelado no São Bernardo e ainda passou pela base do Flamengo, mas ganhou projeção em Portugal.

O jovem atleta passou ainda pelo Valencia, da Espanha, antes de vestir a camisa do Atlético de Madri e se tornar um jogador importante na equipe de Simeone — ele soma três gols e quatro assistências em 12 jogos na temporada atual.

Os caminhos foram diferentes, o destino foi diferente. Se hoje estou aqui no Atlético de Madri, acho que tomei a decisão certa.
Samuel Lino

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora