Atlético-MG passeia contra o Flamengo e embola mais a briga pelo título

O Atlético-MG venceu o Flamengo no Maracanã, por 3 a 0, hoje (29), pela 36ª rodada do Brasileirão, e embolou a perseguição ao líder Palmeiras. Os gols atleticanos foram de Paulinho, Edenilson e Rubens.

Com o resultado, o Atlético-MG chegou aos mesmos 63 pontos do Flamengo, mas ultrapassou o rubro-negro no saldo de gols e é o terceiro, enquanto o clube carioca vem em quarto.

O líder Palmeiras tem 66 pontos, após vitória por 4 a 0 contra o rebaixado América-MG.

O vice-líder é o Botafogo, também com 63, que empatou com o Coritiba de forma dramática com dois gols nos acréscimos.

A derrota em casa interrompe a ascensão do Flamengo na tabela. O time passou cinco jogos sem perder (quatro vitórias e um empate).

O jogo foi marcado por um abraço até caloroso e um cumprimento relativamente efusivo entre os técnicos Tite e Felipão, que romperam relações há 13 anos.

Na próxima rodada, o Flamengo recebe o Cuiabá, domingo (3), no Maracanã, às 16h. Já o Atlético-MG joga no sábado (2), contra o São Paulo, às 21h, no Mineirão.

Galo cirúrgico

O Atlético-MG fez um gol bem cedo, logo aos oito minutos, e isso já deu uma outra cara ao confronto. O Galo se valeu de um ótimo passe de Hulk para Paulinho e a conclusão precisa para sair em vantagem e alcançar uma tranquilidade diante de um Flamengo que se assanhava, principalmente pela esquerda.

Continua após a publicidade

O jogo do time de Felipão encaixou a ponto de colocar o Flamengo na roda durante a metade do primeiro tempo. Passe para lá, para cá, calma, paciência e domínio do jogo.

O Flamengo sentiu a falta do suspenso Pulgar e teve muitos problemas para pressionar e roubar a bola do adversário. A mobilidade atleticana também chamou atenção.

Só a partir dos 35 minutos do primeiro tempo que a equipe de Tite conseguiu aumentar o volume de chances. E criou algumas muito perigosas, mesmo em uma jornada pouco inspirada de Arrascaeta, até então. Uma batida de Cebolinha na estrada da área e uma cabeçada de Bruno Henrique, com defesaça de Everson, foram as principais.

Tite tem conversa afetuosa com Felipão antes do jogo entre Flamengo e Atlético-MG no Maracanã
Tite tem conversa afetuosa com Felipão antes do jogo entre Flamengo e Atlético-MG no Maracanã Imagem: Buda Mendes/Getty Images

Fla se desestabiliza e desaba

Insatisfeito com a lateral direita, Tite trocou Matheuzinho por Wesley ainda no intervalo.

Continua após a publicidade

Mas com dois minutos do segundo tempo, mais um gol do Galo, o que arrebentou toda a estratégia desenhada pelo Fla no intervalo. A vantagem para os visitantes ficou maior quando Edenilson concluiu o contra-ataque, deixando Thiago Maia para trás. O volante do Fla, inclusive, foi vaiado ao ser substituído, minutos depois. Tite tentou recolocar o Flamengo no jogo apostando em Everton Ribeiro e Gabigol.

O Galo, retraído, ficou esperando na boa para encaixar mais jogadas de velocidade e tentar levar perigo. Foi uma situação relativamente confortável para o time de Felipão, já que o Fla só circulou a bola, sem criar grandes chances de perigo.

Para complicar, o Flamengo perdeu Everton Ribeiro aos 30 minutos, que saiu com um problema no ombro. Menos um homem de criação, já que a opção foi por Luiz Araújo, mais aberto pela ponta.

Com o placar já de 2 a 0, a torcida atleticana puxou o canto "eu, acredito", que embalou a conquista da Libertadores 2013. A matemática, realmente, ainda permite acreditar.

O golpe de misericórdia do Atlético-MG foi com Rubens. A descida de Pavón pela direita resultou em um cruzamento açucarado para o meia fechar o placar. Vitória incontestável.

Edenílson celebra gol em Flamengo x Atlético-MG, jogo do Campeonato Brasileiro
Edenílson celebra gol em Flamengo x Atlético-MG, jogo do Campeonato Brasileiro Imagem: Alexandre Loureiro/AGIF
Continua após a publicidade

Outros lances importantes

Esquentando! Descida de Gerson pela esquerda, ele aciona Cebolinha. O cruzamento pelo alto acha Bruno Henrique com liberdade, mas a bola vai um pouco acima e o jogador não consegue pegar em cheio na bola. Mesmo assim, ela passa com certo perigo sobre a meta de Everson, aos 5 minutos do primeiro tempo.

Pelo alto! Cebolinha bate escanteio, Léo Pereira consegue ganhar pelo alto, mas o goleiro Everson faz ótima defesa! Por pouco!

De longe! Otávio recebe com liberdade aos 13 minutos e arrisca de fora da área. Rossi voa e joga para escanteio. Foi perigosa essa bola.

Mais uma! Ayrton Lucas aproveita a sobra da zaga do Galo após cruzamento de Arrascaeta e solta a canhota. A bola vai por cima, outra chance do Fla.

Muito perto! Flamengo troca passes pela direita, a bola chega em Cebolinha perto da meia-lua. Ele domina, busca o ângulo e quase faz o gol de empate, aos 35 minutos do primeiro tempo.

Continua após a publicidade

Que defesa! Everson faz uma defesaça após cabeçada de Bruno Henrique, fruto de um cruzamento em cobrança de falta pela direita, aos 42 minutos do primeiro tempo.

Ficha técnica

Flamengo 0 x 3 Atlético-MG

Local: Maracanã (RJ)
Data/Hora: 29/11/2023, às 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa-SC)
Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa-PR) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)
Cartões amarelos: Fabricio Bruno, Gerson, Léo Pereira (FLA); Zaracho, Jemerson (CAM)
Gols: Paulinho, aos 8'/1ºT (0-1); Edenilson, 2'/2ºT (0-2); Rubens, 36'/2ºT (0-3)

Flamengo: Rossi, Matheuzinho (Wesley), Fabrício Bruno, Léo Pereira e Ayrton Lucas; Thiago Maia (Everton Ribeiro, depois Luis Araújo), Gerson e Arrascaeta; Bruno Henrique, Everton Cebolinha (Gabigol) e Pedro. Técnico: Tite.

Atlético-MG: Everson, Saravia (Mariano), Mauricio Lemos (Igor Rabello), Jemerson e Guilherme Arana; Otávio, Edenílson, Zaracho (Alan Franco) e Igor Gomes (Rubens); Paulinho (Pavón) e Hulk. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes