Fla x Atlético: Tite e Felipão se abraçam e rompem silêncio após 13 anos

Tite e Felipão deram um forte abraço antes do jogo entre Flamengo e Atlético-MG, no Maracanã. Os dois não se falavam há 13 anos.

O que aconteceu

Os treinadores romperam após uma série de desentendimentos. Eles foram próximos durante muito tempo.

Antes de a bola rolar, os dois se abraçaram e conversaram brevemente. Tite saiu do banco do Fla em direção ao do Galo.

Ao UOL, o irmão de Tite disse que não acreditava em uma reconciliação entre os dois.

Cada um tem um diagnóstico para o rompimento. O meu irmão acha que na hora em que ele poderia ajudar ganhando do Fluminense, não ajudou. Eles tinham uma relação muito forte e ele esperava outra postura. Essa é a visão do meu irmão. O Felipe, claro, acha que isso não aconteceu e pensa que meu irmão foi ingrato. Assim que a relação se rompeu. Eu não sei se vão reatar, mas tenho certeza que lá no íntimo ambos gostariam. O Felipão é muito orgulhoso, meu irmão também é. O Tite é um cara que diz: "eu perdoo, mas não esqueço". São pessoas do bem, mas não sei se vão reatar por isso. No fundo, sei que gostariam. Eu gostaria também. Confesso que não gosto do Felipe, dessa coisa da malandragem, mas eu gostaria que reatassem

Miro Bachi

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes