De resposta ao torcedor à cautela: o que corintianos falaram após vitória

Alivio, mas ainda com cautela. Foi esse o clima no Corinthians após a vitória por 4 a 2 sobre o Vasco, em São Januário, pelo Brasileiro.

O que aconteceu

Funcionários do Corinthians celebraram a vitória, mesmo que de forma tímida. O clima era mais de alívio que de euforia após o jogo.

As palavras também expressaram esse sentimento, também em tom cauteloso. As declarações mais repetidas foram "resposta ao torcedor", "vitória importante" e "ainda não terminou".

Na rodada anterior, o Alvinegro tinha perdido para o Bahia por 5 a 1, em casa. A derrota colocara o time de Mano Menezes no bolo da luta contra a degola, mas o triunfo sobre o Cruz-Maltino o fez chegar a 47 pontos.

Sentimos vergonha. Precisávamos dar uma resposta ao nosso torcedor, à nossa família e a nós mesmos. Fizemos um jogo muito bom, apesar de termos tomado um gol no início de novo. Mostramos ser uma equipe equilibrada, de homens, e conseguimos a vitória Renato Augusto

O meia lembrou que o Brasileiro está ponto a ponto nas duas extremidades. "Esse é o campeonato mais disputado dos últimos anos. Não me lembro de um tão equilibrado. Sair [de perto] um pouco da zona é importante, mas temos um jogo difícil no sábado", disse.

Autor de dois gols, Romero compartilhou o sentimento do companheiro: "Precisávamos de uma vitória hoje, depois da derrota na Arena. Tomamos uma goleada inesperada, então, hoje tinha de mostrar personalidade e caráter. Mostramos isso e saímos com o triunfo".

Com essa vitória, podemos respirar mais, mas ainda não acabou. Temos de entrar concentrados. Acho que vai ser mais de 45 [pontos, para escapar do rebaixamento], mas temos um jogo importante e tomara que a gente mate logo essa preocupação

Romero

Giovane, que também balançou a rede, pediu para a equipe ir "passo a passo". "Sinceramente, cada vitória é importante. Temos de ir passo a passo. Não é bom ficar pensando em rebaixamento, se ficarmos pensando, a gente foge do nosso objetivo", afirmou o jovem.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes