Endrick expulso? Ex-árbitros analisam polêmicas de Fortaleza x Palmeiras

O empate entre Fortaleza e Palmeiras, ontem, pelo Brasileirão, ficou marcado por três polêmicas: um possível soco de Endrick em Titi, uma entrada de Bruno Pacheco em Marcos Rocha e o cartão vermelho para Gustavo Gómez.

Quatro ex-árbitros foram unânimes ao dizer que o camisa 9 do Palmeiras deveria ter sido expulso por dar um soco nas costas de Tite enquanto tentava se livrar da marcação.

Tá certo que o jogador da Fortaleza estava fazendo falta nele [Endrick], estava segurando, mas ele [Endrick] não tem o direito de dar um direto. Ele realmente teria que ser expulso nesse lance. É uma falta violenta por parte dele, embora ele tenha sofrido falta antes. A reação dele foi desproporcional ao que o jogador da Fortaleza fez. Então, essa é uma falta de expulsão no meu ponto de vista. João Paulo Araújo, ao UOL

Com respeito ao soco do atleta do Palmeiras, o mesmo deveria ter sido expulso. Foi muito claro o soco. Ele realmente dá um soco em seu adversário. Onde estava o famoso VAR? Ulisses Tavares, ao UOL.

O jovem, talentoso e craque Endrick perdeu a cabeça e agride o Titi. Isso é agressão. É bem verdade que não é no rosto, mas é no peito. Ele se vira e dá um soco. É lance de cartão vermelho, porque trata-se de conduta violenta. O VAR poderia ter chamando e recomendado revisão. Carlos Eugênio Simon, no FC 360, programa da ESPN

Acho que eles contemporizaram essa ação do Endrick pela simulação do Titi, caindo com a mão do rosto. Não acerta o rosto, mas o que a gente tem que chamar a atenção é para a ação do Endrick. Não tem disputa de bola, é uma ação de conduta violenta. Ele faz todo o movimento e acerta o Titi com brutalidade. Essa é uma ação para cartão vermelho. Errou o árbitro e para mim também errou o VAR, foi omisso. PC de Oliveira, durante o Troca de Passes, programa do sportv

Vermelho para Bruno Pacheco

João Paulo Araújo e Ulisses Tavares acharam que o cartão amarelo para Bruno Pacheco por entrada em Marcos Rocha ficou barato.

No pisão do Bruno Pacheco, realmente para mim também é expulsão porque foi uma entrada super imprudente, que podia ter quebrado a perna do jogador de Palmeiras, né, podia ter quebrado a perna, uma entrada imprudente, acima da altura da bola, uma entrada desleal. João Paulo Araújo

Continua após a publicidade

Com respeito ao pisão, o atleta do Fortaleza também deveria ter sido expulso, pois foi uma entrada violenta e temerária. Onde estava o famoso VAR? Ulisses Tavares

Vermelho para Gustavo Gómez

Os ex-árbitros, porém, divergem sobre a expulsão do capitão do Palmeiras sobre Calebe.

A expulsão do Gustavo Gómez eu não concordo, porque a bola não estava totalmente dominada por ele. A bola ainda estava em disputa. Esse lance só é claro quando o jogador tem o total domínio da bola, na frente dele apenas o goleiro e ele sofre a falta por trás, por exemplo. Não vejo expulsão aí nessa nessa jogada de maneira alguma. Daria cartão amarelo. João Paulo Araújo

Expulsão do Gustavo Gómez também foi correta, pois existia a clara oportunidade de gol. Ulisses Tavares

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes