CEO diz que Botafogo vai levar denúncia contra a arbitragem ao MP

Thairo Arruda, CEO do Botafogo, afirmou que o clube pretende levar denúncias contra a arbitragem ao Ministério Público.

O que aconteceu

Estudo contratado pelo clube recentemente apontou indicou que o Alvinegro deveria ter 21 pontos a mais que o Palmeiras em "resultados reais". O levantamento foi feito pela empresa francesa "Good Game".

A diretoria da SAF do Botafogo pretende levar o documento às autoridades para que haja uma investigação sobre o caso.

"Quando o Textor trouxe o relatório de todas as partidas, entendemos que existiu um desbalanceamento dos erros, ou seja, talvez um viés a favor do Palmeiras. Quando se analisa os erros ponto a ponto, enxerga o viés. É óbvio que a arbitragem brasileira é bastante contestada, mas será que ela é igual para todos?", disse.

Vamos acionar o Ministério Público em breve para poder fazer uma denúncia formal e deixar as investigações a cargo das autoridades. A base não vai ser só esse documento, mas isso é um início para que o Ministério Público consiga entender que existe um problema na arbitragem brasileira e possa levar isso adiante Thairo Arruda

Rubens Lopes, presidente da Ferj, informou que os serviços da "Good Game" serão contratados para o Carioca do ano que vem. Ele citou a movimentação durante o sorteio do torneio, que aconteceu nesta manhã.

"É a empresa que analisa apito por apito, falta por falta, lance por lance, e dá ao veredito se foi a marcação correta ou não em todos os jogos. E ele está justamente fazendo isso para o Campeonato Carioca ser pioneiro na transparência da arbitragem brasileira. Ou seja, que possamos aproveitar esses relatórios para dar conforto aos clubes de que teve lisura no campeonato, ao mesmo tempo que utiliza como ferramenta para poder melhorar a arbitragem", apontou Thairo.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes