PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2022

Benedetto recebe nota 1 e vira alvo da imprensa argentina; veja reações

Atacante de 32 anos foi o grande vilão da eliminação argentina diante do Corinthians na Libertadores - Stringer/Anadolu Agency via Getty Images
Atacante de 32 anos foi o grande vilão da eliminação argentina diante do Corinthians na Libertadores Imagem: Stringer/Anadolu Agency via Getty Images

Do UOL, em São Paulo

06/07/2022 01h01

Classificação e Jogos

O atacante Darío Benedetto, considerado uma das estrelas do Boca Juniors, caiu em desgraça na imprensa argentina após a eliminação da equipe para o Corinthians na Libertadores, em jogo disputado nesta terça-feira, na Bombonera, que acabou com vitória brasileira nos pênaltis.

Ainda no 1° tempo da partida, o jogador perdeu uma chance clara após cruzamento da direita. Minutos depois, ele carimbou a trave em uma cobrança de pênalti e desperdiçou a chance de abrir o placar do duelo, que acabou em 0 a 0 até o fim do tempo regulamentar.

Para piorar, Benedetto isolou seu chute nas cobranças de pênalti e se transformou, de vez, no grande vilão do time argentino.

Logo depois do jogo, a imprensa local não poupou críticas ao jogador de 32 anos. O Olé, por exemplo, deu nota 1 para sua atuação e justificou.

"O goleador e a pilar da equipe falhou. Primeiro, ele desperdiçou uma grande oportunidade na frente do gol em cruzamento preciso de Zeballos e, logo depois, perdeu um pênalti. No 2° tempo, definiu por cima do gol após boa jogada de Villa. Ainda cobrou nas nuvens a quinta penalidade nas cobranças", pontuou o jornal.

O Clarín optou por detalhar a reação de Benedetto após Gil balançar as redes para o Corinthians e eliminar os argentinos.

"As lágrimas falaram por ele. A angústia apertou o peito de Darío Benedetto depois que o chute de Gil escapou das luvas de Agustín Rossi e que decretou a classificação do Corinthians e a eliminação do Boca da Copa Libertadores. [...] O artilheiro falhou desta vez, nos 90 minutos e nos pênaltis, e a tristeza o inundou o camisa 9 de dentro para fora."

Por fim, o La Nación considerou o desempenho do atacante como "desastroso". "A eliminação será lembrada como a da noite desastrosa de Darío Benedetto. Grande frustração para o Boca".