PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

VP analisa mata-mata contra Boca na Libertadores: 'Não temos que ter medo'

La Bombonera horas antes do duelo entre Boca Juniors e Corinthians - Staff images / CONMEBOL
La Bombonera horas antes do duelo entre Boca Juniors e Corinthians Imagem: Staff images / CONMEBOL

Yago Rudá

Do UOL, em São Paulo

27/05/2022 16h25

Classificação e Jogos

Mais uma vez nesta temporada, o Corinthians terá o Boca Juniors pela frente na Copa Libertadores. Em sorteio realizado pela Conmebol, o Timão caiu com os argentinos nas oitavas de final com o primeiro jogo sendo realizado na Neo Química Arena e o segundo na Bombonera. Questionado sobre o tema, o técnico Vítor Pereira fez questão de relativizar o ambiente hostil no estádio de Buenos Aires e colocou sua equipe em paridade de forças com os xeneizes.

"Quem me garante que, pegando uma equipe mais fraca, eu passaria? E quem garante que enfrentando um time mais forte, nós não vamos entrar focados para jogar no melhor nível? Não temos que ter medo, temos que encarar a realidade. Saber que lá é difícil, que o ambiente que se cria naquele estádio não é fácil. Os argentinos têm essa particularidade de jogar com o clima do jogo. Aquilo é natural, há muito isso de parar o jogo, ir para cima do árbitro, do adversário", argumentou o português.

Na sequência, Vítor Pereira elencou as qualidades do Corinthians, sobretudo do ambiente criado pela torcida nos jogos na Neo Química Arena, e demonstrou certa confiança com a sequência da Copa Libertadores. A partida na Bombonera está prevista para ser disputada no dia 29 de junho, enquanto a volta deve ser realizada no dia 6 de julho, em Buenos Aires.

"Vamos jogar em casa com a nossa torcida. Quando eu falo da torcida do Corinthians, que é a melhor torcida que já encontrei, mas se eu não sentir, eu não falo. Quando eu disse que a torcida é o motor, é o coração deste clube, é porque é, é porque eu sinto. Eles (torcedores) ficaram tristes no final deste jogo (Always Ready), mas não temos que ter medo de quem vier. Nós somos o Corinthians, temos que enfrentar o que e quem vier", comentou o treinador.

Até a realização dos confrontos eliminatórios da Copa Libertadores, o Corinthians foca nas partidas do Campeonato Brasileiro. O Timão é o líder da competição após sete rodadas e, no domingo (29), mede forças com o América-MG, na Neo Química Arena, para manter a ponta da tabela.

Corinthians