PUBLICIDADE
Topo

Futebol

São Paulo não vê rejeição a reeleição; nova tentativa não é descartada

Julio Casares, presidente do São Paulo - Reprodução
Julio Casares, presidente do São Paulo Imagem: Reprodução

Do UOL, em São Paulo

23/01/2022 22h36

Apesar da derrota em votação pelos sócios da proposta de mudança no estatuto do São Paulo realizada neste domingo (23), a atual diretoria do clube considera que o resultado não foi uma rejeição à proposta de reeleição para presidente. Em reunião realizada após o plebiscito, a diretoria concluiu que a reeleição só não foi aprovada por estar vinculada a outras mudanças.

A partir desta interpretação, a situação não descarta a possibilidade de uma futura nova tentativa para aprovar especificamente a reeleição. A iniciativa, contudo, ainda não está propriamente em estudo e, para que aconteça, será necessária a apresentação de uma nova proposta.

A reforma original tinha 24 artigos, sendo que 14 haviam sido aprovados pelo Conselho Deliberativo em dezembro e foram levados à votação na Assembleia Geral. Para o clube, foi a resistência aos outros 13 que comprometeu a proposta de reeleição.

Na votação deste domingo, dos 1329 votantes, 818 optaram por vetar o novo estatuto, 506 votaram pela mudança e cinco preferiram se abster. Julio Casares tem mandato até o fim de 2023.

Futebol