PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Trajano: Diego Costa não mostra muito interesse em vir para o Corinthians

Do UOL, em São Paulo

19/01/2022 12h34

O Corinthians apresentou sua proposta para poder contar com o centroavante Diego Costa na temporada e cumprir o objetivo de contar com um nome expressivo para vestir a sua camisa número 9, mas ainda espera por uma resposta do jogador que rescindiu recentemente o contrato com o Atlético-MG.

No UOL News Esporte, José Trajano questiona se os nomes de Cavani e Suárez seriam balões de ensaio, além de considerar que o jogador ainda não deu demonstração de que deseja atuar pelo Corinthians.

"Não veio o Cavani, não veio o Suárez, não sei se era tudo balão de ensaio, agora, o Diego Costa não mostra muito interesse em vir para o Corinthians. Ele pode ter achado a proposta boa, mas ele tem proposta lá de fora, de times menores da Espanha, porque ele não está mais no topo", diz Trajano.

"Ele tem nome na Espanha, já jogou pela seleção espanhola, tem nome na Inglaterra, já jogou na Inglaterra, mas eu não sei, acho que ele está muito na dele. Cá entre nós, ele está com o boi na sombra. Para qualquer um, você fala que vai ganhar R$ 1,4 milhão por mês, o cara já pegava um avião ou vinha a nado da Europa, já entrava no antigo 'terrão' do Corinthians e diria 'estou aqui preparado'. Mas R$ 1,4 milhão por mês para o Diego Costa, que joga lá fora, não faz cócegas", completa.

Trajano afirma que o centroavante é bom jogador, mas que não demonstrou o que dele se esperava vestindo a camisa do Atlético-MG, além de questionar como um clube com dívidas pode pagar R$ 1,4 milhão por mês a um jogador.

"Eu também não entendo como um clube que deve tanto, milhões e milhões, pode oferecer R$ 1,4 milhão por mês para um jogador e não é um garoto mais, ele no Atlético-MG, é um bom jogador entre aspas, foi. No Atlético-MG ele não foi aquela coisa que se esperava. Para você fazer um contrato até o fim do outro ano com esse tipo de salário, e deve ter também no meio disso bônus, aumento de não sei quanto se for campeão, se fizer gol", diz Trajano.

"Eu não sei se é desespero, essa diretoria mostrar que é capaz de trazer nomes importantes para tentar brigar lá em cima com Atlético-MG, com Palmeiras e com Flamengo. Não sei. Eu acho que o Diego Costa não está muito preocupado em vir para o Corinthians, me passa essa sensação", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol