PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Atlético-MG oficializa a contratação do técnico argentino Antonio Mohamed

Antonio Mohamed, técnico argentino, foi contratado pelo Atlético-MG para 2022 - Amilcar Orfali/Getty Images
Antonio Mohamed, técnico argentino, foi contratado pelo Atlético-MG para 2022 Imagem: Amilcar Orfali/Getty Images

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte (MG)

13/01/2022 15h35

Foi um processo lento, desgastante, com algumas negativas e muitas sondagens, mas finalmente o Atlético-MG definiu seu técnico para a temporada 2022. Trata-se do argentino Antonio Mohamed, ou simplesmente 'El Turco'. O profissional de 51 anos terá a tarefa de comandar o atual campeão brasileiro.

A oficialização da contratação do Turco Mohamed aconteceu hoje à tarde, durante coletiva do diretor de futebol do Atlético, Rodrigo Caetano. O dirigente alvinegro aproveitou o momento para explicar tudo o que se passou nas últimas duas semanas, entre a saída de Cuca e a escolha do novo treinador.

"A gente criou um processo na busca pelo treinador, respeitando algumas premissas. Um treinador que pudesse dar continuidade ao trabalho. Que suas equipes busquem o gol a todo momento, protagonista. Como foi a equipe do Galo. E que conhecesse o elenco do Atlético. É o Antonio Turco Mohamed, com contrato de um ano, claro, com possibilidade de continuar", explicou.

Turco Mohamed jamais figurou entre as primeiras opções do Atlético, que desde o início havia definido que buscaria um técnico estrangeiro. As negociações frustradas com Jorge Jesus e Carlos Carvalhal fizeram com que o Galo fosse atrás de outros nomes e foi quando surgiu a indicação de Mohamed. Mas efetivamente as conversas entre clube e treinador esquentaram nas últimas 48 horas.

O novo treinador do Atlético tem no currículo passagens por clubes argentinos, mexicanos e até pelo Celta, da Espanha. É verdade que a experiência europeia não durou muito tempo, nem sequer um turno de La Liga. Na Argentina, Turco Mohamed levou o Huracán da Segunda para a Primeira Divisão, e no Independiente venceu a Copa Sul-Americana, em 2010.

Mas é no México que o treinador ficou mais tempo, com destaque pelos trabalhos vitoriosos no Tijuana, no América e no Monterrey. Inclusive, Turco Mohamed enfrentou o Atlético na Copa Libertadores de 2013, que foi conquistada pelo clube mineiro. O argentino era o treinador do Tijuana, que quase eliminou o Galo nas quartas de final do torneio. O que só não aconteceu graças ao pênalti defendido por Victor, aos 47 minutos do segundo tempo.

O contrato entre Atlético e Turco Mohamed tem apenas um ano de duração.

Futebol