PUBLICIDADE
Topo

Paris Saint-Germain

PSG montou 'operação de guerra' para blindar Mbappé de assédio do Real

Mbappé ao lado de Leonardo, diretor de futebol do PSG, na cerimônia da Bola de Ouro - FRANCK FIFE / AFP
Mbappé ao lado de Leonardo, diretor de futebol do PSG, na cerimônia da Bola de Ouro Imagem: FRANCK FIFE / AFP

Do UOL, em São Paulo

30/11/2021 10h22

A diretoria do PSG montou uma operação para proteger Mbappé dos cartolas do Real Madrid durante a cerimônia da Bola de ouro ontem (29). Filmado ao lado de Luiz Suarez e Lionel Messi, o jovem atacante estava 'sob custódia' de Leonardo e de Al-Khelaïfi, presidente do PSG, sentados logo atrás.

O cerco parisiense evitou que Mbappé tivesse contato com Emilio Butragueño, representante do Madrid também presente na premiação. Enquanto o PSG continua tentando negociar a renovação com Mbappé, o time espanhol espera conseguir firmar um acordo com o atacante já em janeiro.

Mbappé está em seus últimos seis meses de contrato com o clube francês. A partir de junho de 2022, o atacante poderia ir de graça para uma nova equipe. O Real Madrid é o principal interessado no jovem francês e espera conseguir completar a operação, frustrada na última janela de transferências.

Paris Saint-Germain