PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Cruzeiro sofre no setor ofensivo: nenhum jogador fez dez gols em dois anos

Marcelo Moreno faz mais uma temporada apagada pelo Cruzeiro - Bruno Haddad/Cruzeiro
Marcelo Moreno faz mais uma temporada apagada pelo Cruzeiro Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Victor Martins

Colaboração para o UOL, em Belo Horizonte (MG)

14/11/2021 04h00

O Cruzeiro vai disputar a Série B do Campeonato Brasileiro pela terceira temporada consecutiva. O time ainda não está totalmente livre do risco de rebaixamento à Série C, mas somente uma combinação muito grande e improvável de resultados seria capaz de derrubar a Raposa. Uma das explicações para as campanhas ruins em 2020 e 2021 é a inoperância do setor ofensivo celeste. Hoje (14), a Raposa enfrenta o Vitória, às 19h, no estádio Barradão, pela 36ª rodada da Série B.

Desde o rebaixamento, em 2019, nenhum jogador cruzeirense conseguiu fazer dez gols. Somando as duas temporadas na Série B, e aí entram os jogos por todas as competições, o Cruzeiro não tem nenhum atleta que marcou dez vezes. Rafael Sóbis e Marcelo Moreno são os maiores goleadores estrelados nos dois últimos anos.

Cada um marcou duas vezes, somando 2020 e 2021. Sóbis foi o artilheiro do clube no primeiro ano da Série B, com seis gols. Vale destacar que ele retornou à Toca da Raposa já com a competição em andamento. Mas, nesta temporada, o camisa 10 caiu de rendimento, perdeu espaço e tem até o momento apenas três gols. Embora tenha anunciado a aposentadoria após o triunfo sobre o Brusque, existe a possibilidade de Sóbis entrar em campo na última rodada, contra o Náutico, para um jogo de despedida.

Já Marcelo Moreno é o inverso. Anotou três gols na temporada passada e tem seis na atual. No entanto, desde o retorno ao clube, no começo de 2020, o atacante boliviano jamais reencontrou o bom futebol das passagens anteriores pelo Cruzeiro. Além da idade, 34 anos, Moreno desfalca bastante a Raposa por causa das convocações. Em 2021, por exemplo, dos 52 jogos disputados pelo clube, o camisa 9 esteve em campo somente 21 vezes. Neste domingo, será mais uma partida que Moreno não estará à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo.

Thiago é o atual centroavante titular do Cruzeiro. Revelado pela base do clube, ele teve de esperar muito tempo para ter uma sequência de jogos. Oportunidade que só chegou por causa da falta de eficiência dos jogadores mais rodados do elenco. Thiago se tornou o dono da posição neste segundo turno da Série B. Tanto que dos 27 jogos que realizou em 2021, em 14 ele partiu do banco de reservas, contra 13 como titular.

A inoperância ofensiva do Cruzeiro fica evidente quando se pega a lista dos artilheiros da temporada. O primeiro lugar ainda é de Matheus Barbosa, com sete gols. O volante que saiu da Toca da Raposa há muito tempo. O último jogo dele com a camisa estrelada foi em julho.

FICHA TÉCNICA:

VITÓRIA x CRUZEIRO

Motivo: 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Barradão, em Salvador (BA)
Data e horário: 14 de novembro de 2021 (domingo), às 19h (de Brasília)
Árbitro: Jefferson Ferreira de Moraes (GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
VAR: Elmo Alves Resende Cunha (GO)

VITÓRIA: Luccas Arcanjo, Raul Prata, Wallace, Thalisson e Roberto; João Pedro, Bruno Oliveira (Soares) e Eduardo; Marcinho, Fabinho e David. Técnico: Wagner Lopes

CRUZEIRO: Fábio, Norberto, Rhodolfo, Eduardo Brock e Felipe Augusto; Rômulo, Lucas Ventura e Giovanni; Vitor Leque, Wellington Nem e Thiago. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Futebol