PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Red Bull Bragantino não teme rejeição como o RB Leipzig teve na Alemanha

Do UOL, em São Paulo

31/10/2021 04h00

Semifinalista da Liga dos Campeões na temporada 2019/20, o RB Leipzig sofreu grande rejeição no futebol alemão justamente com a entrada da Red Bull, causando incômodo com o crescimento do clube de forma considerada artificial pela presença de uma multinacional. Enquanto começa a se destacar em competições relevantes no Brasil e na América do Sul, o Red Bull Bragantino não teme que venha a ter o mesmo problema.

Em entrevista a Mauro Cezar Pereira no programa Dividida, do Canal UOL, o diretor executivo de futebol Tiago Scuro diz não acreditar que o Red Bull Bragantino corra risco semelhante ao do RB Leipzig em relação aos torcedores dos demais clubes brasileiros, embora reconheça que o clube deverá incomodar à medida que tenha conquistas.

"Eu acredito que não, é óbvio que essa relação vai mudando conforme o Red Bull Bragantino passe a incomodar mais dentro de campo, mas mesmo em situações em que a gente enfrenta grandes marcas do futebol brasileiro e vence o jogo, a gente tem bastante posicionamento mais racional dentro desse ambiente", diz Scuro.

"Houve sim bastante rejeição na Alemanha, acho que essa rejeição mais intensa já passou também, porque o Leipzig conseguiu nos últimos anos virar também uma grande marca do futebol alemão em competições europeias, atingindo semifinal de Champions e por aí vai, então acho que isso vai também trazendo um valor diferente. Eu acredito que não, acho que aumenta sim o incômodo, eu espero que aumente, que a gente consiga ter mais sucesso dentro de campo, mas eu não acredito que vá nessa intensidade ou nessa proporção", completa.

O dirigente afirma que o clube tem trabalhado de forma receptiva em relação às demais torcidas justamente para que exista uma relação saudável com os torcedores de outros clubes, passando a imagem de um clube simpático.

"A gente tem trabalhado muito para que não vá, para que a gente possa ser um clube que se relacione de forma saudável com todas as torcidas, então, desde, assim que possível, receber o torcedor visitante bem em Bragança Paulista, no nosso estádio, nas relações em redes sociais de forma saudável, de forma extrovertida, com qualquer clube que seja, então a gente tem trabalhado para tentar tornar o clube cada vez mais simpático a todo fã do futebol", conclui.

O Dividida vai ao ar às quintas-feiras, às 14h, sempre com transmissão em vídeo pela home do UOL e no canal do UOL Esporte no Youtube. Você também pode ouvir o Dividida no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e Amazon Music.

Futebol