PUBLICIDADE
Topo

Liga das Nações 2020/21

De virada, França vence a Espanha e conquista a Liga das Nações

Jogadores da França comemoram o título da Liga das Nações após vitória na final sobre a Espanha - REUTERS/Alberto Lingria
Jogadores da França comemoram o título da Liga das Nações após vitória na final sobre a Espanha Imagem: REUTERS/Alberto Lingria

Colaboração para o UOL, de São Paulo

10/10/2021 17h41

Classificação e Jogos

Assim como foi na semifinal contra a Bélgica, a França conquistou a segunda edição da Liga das Nações com mais uma virada, desta vez por 2 a 1 sobre a Espanha. Todos os gols no San Siro saíram no segundo tempo. Oyarzabal abriu o placar para a Espanha, mas no minuto seguinte sofreu o empate com Benzema e depois a virada com Mbappé.

Atual campeã do mundo, a França conquista mais um título após a derrota nas oitavas de final da Eurocopa, vencida pela Itália. Esta é a segunda edição da Liga das Nações, competição criada pela UEFA para as datas Fifa. A primeira foi vencida por Portugal.

Theo Hernandez: mandou bem

Jogando como um ala no esquema montado por Deschamps, o lateral do Milan mandou a bola no travessão que colocou fogo no jogo e depois ainda deu o passe que resultou no gol que definiu a vitória francesa, do Mbappé.

Griezmann: apagado em campo

Mesmo sendo o seu 100º jogo com a camisa francesa, Griezmann pouco fez em campo no San Siro, sem participar ativamente em nenhuma das grandes jogadas dos Les Bleus.

Primeiro tempo sem animação

Benzema, aos cinco minutos de jogo, driblou o goleiro Simón e conseguiu finalizar. Pouco depois, aos dez, Sarabia recebe o passe de Ferrán Torres, finalizou, mas a bola desviou e ficou fácil para Lloris. E estas foram as únicas finalizações da final no primeiro tempo.

A Espanha teve a posse de bola durante boa parte da primeira etapa, mas não conseguiu converter isso em oportunidades. Do lado francês, não houve espaço para reação. Os Les Bleus ainda perderam Varane, que sentiu dores musculares num lance sozinho.

Pogba voltou querendo jogo

Não que precisasse de muito para isso, mas o segundo tempo começou quente no San Siro. Logo no primeiro minuto, Pogba deu um pisão em Busquets e recebeu cartão amarelo. Aos 4, ele sofreu falta de Rodri e deu um grito em seus companheiros de time por não estarem dando opção de passe.

Finalmente, temos um jogo!

Aos 18 do segundo tempo, Pogba puxou um contra-ataque veloz. Mesmo sofrendo falta ele insistiu na jogada, tocou para Mbappé. A bola ainda passou por Benzema até chegar em Theo Hernández, que chutou de primeira e mandou no travessão.

Praticamente na sequência do lance, Oyarzabal recebeu um ótimo lançamento do Benzema, invadiu a área e mandou na buchecha da rede, abrindo o placar sem nenhuma chance para o goleiro Lloris.

Aos 20, no minuto seguinte ao gol, Mbappé encontrou Benzema pelo lado esquerdo. O atacante do Real Madrid cortou para o lado e chutou dali mesmo, acertando o ângulo de Simón e empatando o placar.

Mbappé buscava o dele...

Depois do empate, Mbappé passou a arriscar mais e teve duas chances de colocar a França na frente, tal como na semifinal contra a Bélgica. Aos 22, ele viu a saída precipitada do goleiro espanhol e por pouco não marcou de cobertura. Depois, aos 26, Benzema tocou para o camisa 10, mas dessa vez ele finalizou mal.

Até que conseguiu, mas com polêmica!

Aos 34, o astro do PSG recebeu um belo passe do Theo Hernández, pedalou na frente do goleiro e chutou por entre as pernas dele. O lance chegou a ser revisado pelo VAR por um suposto impedimento no momento do passe, mas o gol foi confirmado.

Espanha luta até o fim

Com a arbitragem dando cinco minutos de acréscimo, a Espanha lutou até onde pode para conseguir levar o jogo para a prorrogação, com direito ao goleiro Simón no ataque em duas cobranças de escanteio. Aos 49, Lloris espalmou uma bomba que Pino conseguiu achar num rebote, no lance que acabou sacramentando a conquista francesa.

FICHA TÉCNICA
ESPANHA 1 X 2 FRANÇA

Competição: Liga das Nações (final)
Local: Estádio San Siro, em Milão (ITA)
Data: 10 de outubro de 2021, domingo
Hora: 15h45, de Brasília

Gols: Oyarzabal (Espanha) aos 19' do 2ºT; Benzema (França) aos 20' do 2ºT; Mbappé (França) aos 34' do 2ºT
Cartões amarelos: Pogba e Koundé (França); Laporte (Espanha)

Espanha: Simón; Azpilicueta, Eric García, Laporte e Alonso; Busquets, Rodri (Fornals) e Gavi (Koke); Ferrán Torres (Merino), Sarabia (Pino) e Oyarzabal. Técnico: Luis Enrique

França: Lloris; Koundé, Varane (Upamecano) e Kimpembe; Pavard (Dubois), Tchouaméni, Pogba e Theo Hernández; Griezmann (Veretout), Benzema e Mbappé. Técnico: Didier Deschamps