PUBLICIDADE
Topo

Inglês - 2021/2022

Inglês: maioria dos jogadores recusa vacina e confia em teorias, diz jornal

Bola utilizada na última temporada da Premier League ao lado de uma máscara de proteção contra o coronavírus -  Visionhaus / Getty Images
Bola utilizada na última temporada da Premier League ao lado de uma máscara de proteção contra o coronavírus Imagem: Visionhaus / Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/10/2021 09h18

Classificação e Jogos

Mais da metade dos jogadores que atuam na 1ª divisão do Campeonato Inglês, a Premier League, não estão completamente vacinados contra a covid-19. As informações são do Daily Mail.

De acordo com o jornal, apenas um terço dos envolvidos aderiu à imunização completa até o momento. Nos bastidores, os dirigentes culpam atletas que "espalharam teorias de conspiração envolvendo Bill Gates, infertilidade e o poder das vitaminas".

Nos últimos dias, a organização do torneio se viu em uma polêmica em torno do tema, já que o governo britânico pensa em introduzir o "passaporte sanitário", em que seria obrigatório apresentar o comprovante de vacinação em eventos de massa.

Ainda segundo o Daily Mail, ontem, a Premier League recebeu uma "garantia" excepcional de que os jogadores que não forem imunizados podem atuar normalmente pelos seus clubes.

Só sete dos 20 clubes do campeonato vacinaram totalmente mais da metade de suas equipes - Leeds, Wolves, Southampton e Brentford lideram o ranking neste quesito.

Atletas que atuam na Inglaterra estão recusando imunização - iStock - iStock
Atletas que atuam na Inglaterra estão recusando imunização
Imagem: iStock

Outros três, por outro lado, não chegaram a 10% de imunização no elenco - dois deles fazem parte do "big six", formado por Arsenal, Chelsea, Liverpool, Manchester City, Manchester United e Tottenham. O jornal não citou, no entanto, quais deles estão no grupo dos que menos imunizam.

"É muito frustrante e difícil saber o que fazer, já que as teorias da conspiração realmente se firmaram em alguns vestiários. Temos jogadores experientes, homens inteligentes, que aderem a todo tipo de bobagem. Um deles me disse que não precisava da vacina porque poderia aumentar sua imunidade tomando vitaminas", disse um médico de clube não revelado pelo veículo.

"Algumas das coisas que eles estão lendo na internet são inacreditáveis. Os jogadores estão dizendo que o fato de tomar vacina os tornará inférteis, que é parte de uma trama envolvendo Bill Gates e que a pandemia é apenas propaganda. O verdadeiro problema é que eles também poluem as mentes dos jogadores mais jovens", completou ele.