PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Hoje técnico do Flamengo, Renato Gaúcho estreava pelo Cruzeiro há 29 anos

Renato Gaúcho jogou apenas três meses pelo Cruzeiro, em 1992, antes de retornar ao Flamengo - Reprodução/Internet
Renato Gaúcho jogou apenas três meses pelo Cruzeiro, em 1992, antes de retornar ao Flamengo Imagem: Reprodução/Internet

Henrique André

Do UOL, em Belo Horizonte

03/09/2021 04h00

Há exatos 29 anos, o Cruzeiro via um dos grandes atacantes da década de 1990 estrearem com a camisa celeste, num amistoso contra o Botafogo. De cabelos longos e faro apurado para balançar a rede, Renato Gaúcho chegou a Minas Gerais com status de grande contratação e um contrato curto, assinado até o fim de dezembro de 92.

Prestes a completar 30 anos naquela época, Renato balançou a rede logo no primeiro jogo e, apesar da passagem meteórica pelo Cruzeiro, marcou seu nome na história do clube. Ao todo, foram 17 partidas (16 oficiais) e 18 gols marcados. Além do campeonato estadual, ele também ajudou a equipe na conquista da Supercopa daquele ano.

Na goleada por 8 a 0 sobre o Atlético Nacional, da Colômbia, Renato Gaúcho marcou cinco gols, o que, naquele momento, era feito inédito na carreira. Num deles, o atacante cruzeirense completou a bola para as redes sentando no gramado. O então camisa 7 foi o artilheiro da competição, com seis gols anotados.

Além dele, o time mineiro, comandado por Jair Pereira, tinha outros nomes de respeito, como Luisinho, Adilson Batista, Nonato, Boiadeiro, Luís Fernando Flores, Douglas, Cleison e Roberto Gaúcho.

O fim do rápido casamento aconteceu logo ao término do vínculo e, ao contrário do que desejavam os torcedores, sem renovação. Em janeiro de 1993, Renato voltou para casa e foi viver mais uma passagem pelo Flamengo. Curiosamente, hoje, prestes a completar 59 anos, ele é o treinador do rubro-negro carioca.

Cruzeiro