PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Messi dá show, bate recorde e Argentina goleia Bolívia na Copa América

Messi cobra pênalti e faz o primeiro de seus dois gols em dia histórico para sua carreira pela Argentina - Twitter da seleção argentina
Messi cobra pênalti e faz o primeiro de seus dois gols em dia histórico para sua carreira pela Argentina Imagem: Twitter da seleção argentina

Bruno Braz

Do UOL, em Cuiabá

28/06/2021 22h51

Classificação e Jogos

A fria noite de Cuiabá (MT) foi de Lionel Messi na Arena Pantanal. Não bastasse se tornar o jogador com o maior número de partidas da história da Argentina, o craque do Barcelona deu uma assistência, fez dois gols - sendo um deles um golaço - e foi o nome de sua seleção na vitória por 4 a 1 sobre a Bolívia no último jogo da fase de grupos da Copa América.

Os outros gols foram marcados por Papu Gómez e Lautaro Martínez, para os argentinos, e Saavedra, como o de honra para os bolivianos.

Messi, que não quis ser poupado, chegou às 148 partidas pela Argentina e deixou para trás seu ex-companheiro Mascherano, que tem 147.

Os argentinos, que já estavam classificados antes desta rodada, garantiram o primeiro lugar do Grupo A e agora enfrentarão nas quartas de final o Equador, no dia 3 de julho, no estádio Olímpico, em Goiânia (GO).

A Bolívia, por sua vez, vai embora para casa mais cedo. Os bolivianos perderam seus quatro jogos e foram os lanternas da chave.

Messi pediu para jogar

A ideia inicial do técnico Lionel Scaloni era poupar Messi em função de sua equipe já estar classificada. Em conversa particular, no entanto, o camisa 10 deixou claro sua vontade de estar em campo, e o desejo acabou sendo levado em consideração pelo treinador.

O craque do Barcelona não decepcionou. Logo aos cinco minutos do primeiro tempo, deu uma assistência magistral para Papu Gómez abrir o placar. Depois, cobrou um pênalti com sua tradicional categoria e ampliou.

Na sequência, uma obra com sua assinatura. Após receber lançamento de Agüero, o gênio deu um leve toque encobrindo o goleiro Lampe.

Moreno novamente na reserva

Após enfrentar covid-19 durante a Copa América, Marcelo Moreno retornou ao time da Bolívia no jogo passado no banco de reservas, na derrota para o Uruguai por 2 a 0, e hoje novamente iniciou entre os suplentes. Segundo integrantes da comissão técnica boliviana, o atacante do Cruzeiro ainda está em processo de recuperação.

Papu abre o placar com linda assistência de Messi

A Argentina abriu o placar logo com cinco minutos do primeiro tempo após Messi enfiar uma linda bola para Papu Gómez, que saiu de frente para o goleiro Lampe e não perdoou.

Messi amplia de pênalti

Aos 30 minutos do primeiro tempo, Papu Gómez recebeu na esquerda, dentro da área, e sofreu um carrinho de Bajerano. Pênalti que Messi bateu com categoria ampliando.

Golaço de cobertura de Messi

O melhor estava por vir 11 minutos depois, quando Messi recebeu lançamento de Agüero e, com sua categoria refinada, deu um lindo toque por cobertura sobre o goleiro Lampe. Golaço!

Bolívia diminui

Aos 14 minutos do segundo tempo, Justiniano roubou uma bola, fez uma linda tabela, chegou à linha de fundo e cruzou para trás, encontrando o lateral Saavedra, que concluiu com categoria diminuindo para a Bolívia.

Argentina volta a marcar e freia reação da Bolívia

A reação da Bolívia durou pouco. Com apenas dois minutos em campo, Lautaro Martínez, que havia substituído Agüero, aproveitou o bate e rebate na zaga e, com oportunismo, ampliou para a Argentina.

Temperatura em Cuiabá cai drasticamente

Após treinar durante uma semana com temperaturas abaixo dos 10 graus em Ezeiza (ARG), sede da AFA, a Argentina "deu sorte" em sua chegada à Cuiabá (MT). Após os termômetros atingirem ontem (27) - dia do desembarque da seleção - os 35 graus, a temperatura na capital mato-grossense caiu drasticamente. De acordo com a previsão do "The Wheater Channel", na hora do jogo contra a Bolívia, às 21h (horário de Brasília), na Arena Pantanal, o tempo era de 13 graus.

Forte aparato de segurança

A Argentina contou com um forte aparato de segurança no hotel onde estava hospedada em Cuiabá (MT). Os fãs só conseguiram ver os jogadores de longe.

FICHA TÉCNICA

ARGENTINA 4 X 1 BOLÍVIA
Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Hora: 21h (horário de Brasília)
Árbitro: André José Rojas (COL)
Auxiliares: Jhon Alexander Leon (COL) e Jonny Max Bossio (PER)
VAR: Ricardo De Burgos (ESP)
Cartões amarelos: Acuña (ARG); Rodrigo Ramallo (BOL)
Cartões vermelhos: Nenhum
Gols: Papu Gómez, aos cinco minutos do primeiro tempo (ARG); Messi, aos 30 minutos do primeiro tempo (ARG); Messi, aos 41 minutos do primeiro tempo (ARG); Saavedra, aos 14 minutos do segundo tempo (BOL); Lautaro Martínez, aos 19 minutos do segundo tempo (BOL)

Argentina: Armani, Montiel, Pezzella, Martínez e Acuña, Guido Rodríguez (Domínguez), Palacios e Papu Gómez (Julián Álvarez); Ángel Correa (Lo Celso), Messi e Agüero (Lautaro Martínez). Técnico: Lionel Scaloni

Bolívia: Lampe, Saavedra (Villarroel), Haquín, Jusino e Roberto Fernández (Wayar); Leonel Justiniano, Boris Céspedes, Ramiro Vaca, Chura (Henry Vaca) e Bejarano; Gilbert Álvarez (Rodrigo Ramallo). Técnico: César Farías.

Esporte