PUBLICIDADE
Topo

Santos

Com golaço de Marinho, Santos arranca empate do Grêmio no RS

Colaboração para UOL, em Santos

24/06/2021 23h32

Classificação e Jogos

O Santos arrancou um empate por 2 a 2 com o Grêmio fora de casa, nesta noite, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols dos donos da casa foram de Diego Souza e Matheus Henrique, enquanto Marcos Guilherme e Marinho descontaram na Arena do Grêmio.

O time de Tiago Nunes teve início superior e aproveitou a fragilidade nas laterais do alvinegro. Felipe Jonatan e Pará estiveram abaixo do esperado e falharam na marcação, o que facilitou a chegada dos donos da casa.

Kaio Jorge e Marinho foram os destaques positivos. O camisa 11 santista protagonizou a "lei do ex" na Arena do Grêmio em uma bomba de fora da área que empatou a partida na segunda etapa. O Santos é o 10º colocado no Brasileirão, com oito pontos. Ainda sem vencer na competição, o Grêmio tem apenas um ponto e é o lanterna, mas vale lembrar que tem dois jogos a menos.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrentará o Fortaleza, novamente na arena, no domingo. No mesmo dia, o Santos receberá o Atlético-MG na Vila Belmiro.

Piscou, gol

Foram necessários apenas três minutos para o Grêmio abrir o placar em casa. As laterais do Santos deram pane e o Tricolor teve espaço suficiente para Diego Souza balançar a rede. João Paulo ficou vendido no lance.

O Peixe foi totalmente envolvido na boa marcação dos donos da casa, que pressionaram a saída de bola santista e dificultaram o jogo de Fernando Diniz. O meio-campo com Alison não funcionou. Os 60% de posse de bola pouco significaram, já que além da falta de produção, o Alvinegro não agrediu.

Brilha a estrela de Diniz

O desempenho do Alvinegro praiano só melhorou após a entrada de Camacho. Alison sentiu dores e acabou saindo de campo. O substituto conseguiu distribuir melhor o jogo e deu opções. As linhas passaram a conversar melhor.

O Grêmio diminuiu o ritmo e caiu de rendimento, passou a dar campo para o Santos, que aproveitou para avançar e agredir o adversário. E Camacho foi fundamental. O recém-contratado roubou a bola, encontrou Marcos Guilherme, que fez pivô e enfiou para dentro das redes. Empate na Arena do Grêmio.

Após o gol, Matheus Henrique e Tiago Nunes se desentenderam e trocaram palavrões. O clima esquentou, mas a situação foi passageira.

Grêmio recupera

O Peixe melhorou após o empate e teve maior controle do jogo, mas vacilou e viu o Grêmio aproveitar mais um erro individual. Já nos minutos finais, na saída de bola, Pará deu uma tijolada para Luiz Felipe, que, na fogueira, perdeu a bola para Diego Souza, O atacante serviu para Matheus Henrique só empurrar.

O lance passou por revisão do VAR, que suspeitou de um possível impedimento. Após dois minutos de apreensão, o gol foi validado.

João Paulo salva o Santos

O Grêmio voltou alerta para o segundo tempo e quase marcou o terceiro antes do relógio marcar um minuto. Ferreirinha passou por Pará com muita facilidade, saiu na cara do gol e viu João Paulo fazer bonita defesa.

O Peixe, entretanto, não conseguiu se recompor e seguiu dando espaços para os gremistas. Pará foi um dos que mais prejudicou. Errou passes simples e foi anulado, não conseguiu ser efetivo na marcação. Ele pediu para ser substituído após sentir dores e Madson foi acionado.

"Lei do ex" na Arena Grêmio

Após as substituições, os times fizeram jogo equilibrado. Carlos Sánchez, após nove meses, ganhou minutos com Fernando Diniz e entrou bem. O Grêmio, entretanto, ainda esteve mais agressivo e criou mais chances perigosas, enquanto o Peixe tinha dificuldade e apostou nos potenciais individuais. Kaio Jorge e Lucas Braga deram trabalho, mas Marinho foi a maior dor de cabeça.

De fora da área, o atacante santista mandou uma bomba, sem dar qualquer chance para Gabriel Chapecó. Ele comemorou normalmente. Em um final quente, ambos os times deram trabalho aos goleiros adversários, mas o jogo terminou com 2 a 2 no placar.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 X 2 SANTOS

Local: Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)

Data/hora: 24/06/2021 - quinta-feira, às 21h30 (de Brasília)

Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores (ambos de RN)

VAR: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

Cartões amarelos: Diego Souza, Ferreira (GRE) - Camacho, Jean Mota, Fernando Diniz e Marinho (SAN)

GOLS: Diego Souza (1-0), Marcos Guilherme (1-1), Matheus Henrique (2-1), Marinho (2-2)

GRÊMIO: Gabriel Chapecó; Rafinha, Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Matheus Henrique, Victor Bobsin, Léo Chu e Ferreira; Diego Souza. Técnico: Tiago Nunes.

SANTOS: João Paulo; Pará (Madson), Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonatan (Lucas Braga); Alison (Camacho), Jean Mota e Gabriel Pirani; Marinho, Kaio Jorge e Marcos Guilherme. Técnico: Fernando Diniz.

Santos